29 nov 2015 - 21h37

Despedida digna de Furacão

Na última partida do Furacão em casa em 2015, o que se viu foi domínio total do Atlético sob o rubro-negro carioca. Com o estádio lotado e um adversário sem grandes ambições na partida, o Furacão abriu o placar logo aos 12’ da primeira etapa, quando o lateral-esquerdo Roberto recebeu um lindo passe na entrada da área e encheu o pé e acertou no ângulo, sem chances para o goleiro Paulo Victor.

Na sequência do primeiro tempo o que se viu foi uma marcação eficiente do Furacão e o domínio total do campo com destaque novamente para o volante Otávio. Aos 32’, Cleberson aproveito a cruzamento de Nikão em uma cobrança de falta e, sozinho, cabeceou sem chances para o goleiro do Flamengo. Ainda no final do primeiro- empo, Alessandro foi substituído pelo “titular” da posição: Eduardo. O Flamengo, buscando reagir, veio a campo com Luiz Antônio no lugar do volante Canteros.

Mas pouco adiantou. Na segunda etapa o Furacão apenas controlou a posse de bola. Aos 22’ o colombiano: Daniel Hernández que havia acabado de entrar no lugar de Marcos Guilherme, bateu o escanteio e o zagueiro Cleberson subiu sozinho para marcar o segundo dele no jogo e o terceiro do Furacão na partida. Um minuto depois, Walter ainda colocou uma bola na trave.

O Furacão passou o restante da partida apenas segurando o resultado, o Flamengo pouco atacou o gol de Weverton. Agora, Atlético se despede de 2015 contra o Santos, na Vila Belmiro no próximo domingo, dia 6 de dezembro.

OS GOLS

12’/1º: Roberto – O lateral-esquerda recebeu um belo passe de Nikão na entrada da área e encheu o pé. A bola foi no ângulo, sem chances para Paulo Victor.

32’/1º: Cleberson – Após cobrança de falta, o zagueiro cabeceou na saída do goleiro e fez o segundo gol do jogo.

22’/2º: Cleberson – Após escanteio da esquerda, Cleberson subiu sozinho e fez o segundo dele no jogo.

DESTAQUE POSITIVO: O lateral-direita Alessandro, que foi a grande novidade da equipe, fez uma partida muito acima das expectativas, sendo substituído apenas no final da primeira etapa. O campeão brasileiro saiu de campo emocionado e foi aplaudido de pé pelo estádio inteiro.

PRÓXIMOS JOGOS: Santos (fora).

%ficha=1150%



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Insanidade

Louva-se o posicionamento do CAP em relação à atitude insana, egoísta e manipuladora do Flamengo, que chegou ao ponto de utilizar-se da peste alcançar seus…

Camisa preta edição especial.

Opinião

Viva a revolução!

Eu sou corneta. Confesso! Se o time vai mal, sou o primeiro a reclamar. Se o time vai bem, tem que melhorar. Se ganhou de…

Notícias

A evolução do Athletico

É inegável a evolução do rubro-negro. Desde a mudança no comando técnico, o Furacão vem evoluindo a cada jogo. Atualmente acumula quatro vitórias consecutivas. Além…