O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
4 jan 2016 - 6h05

O ‘Novo’ Atlético

Evidente que o semi e asseclas sentiram o resultado da eleição e estão se mexendo. Até nós, de oposição à gestão e não ao Atlético, fomos promovidos de Nuvem Negra para Asas Negras (será por estar mais perto do que eles imaginavam?).

Mas as mudanças pedidas no clube é para profissionais de futebol e não de profissionais de obras sem conhecimento de futebol e marketing esportivo.

Contratações foram feitas e bem vindas: Leo, Paulo André, Thiago Heleno, Pará, Vinicius, André Lima e Anderson Lopes.

Saiu o Walter. Acho que deveria sair mesmo pelo custo, não concordando com a falácia de 95% certo, antes da campanha, e tentar denegrir o jogador depois. Era claro que não ficaria, mas os asseclas piram com as promessas.

Pergunto: qual dos novos contratados será titular absoluto? Talvez o Vinícius, pela carência do setor e o André Lima pela saída do Walter. Para a composição de elenco foram boas, mas não me parece fortalecimento do time e quase todos emprestados, o que não forma base para crescimento.

Antes que os fidalgos educados nas melhores estrebarias inglesas comecem com ‘mimimi’, ‘corneta’, ‘quer o Messi’, etc., lembro a todos que torço para o Atlético e não para o seu presidente.

Torço para que o Clube vá bem e faria as mesmas críticas caso a chapa de oposição ganhasse e tivesse a mesma postura,diferente do que vejo nos comentários, de entusiastas que jactam-se de ter ganho as eleições e irão colocar a viseira para qualquer atitude da diretoria.

Aos que realmente querem um Atlético Forte, vamos manter a guarda a cobrar a promessas.



Últimas Notícias

Notícias|Opinião

Até o fim

No dia 10 de maio de 2005, o Athletico sofria uma das piores goleadas da história jogando dentro de seus domínios. Na Arena da Baixada,…