27 jan 2016 - 21h36

Melhor impossível!

O ano começou bem para o Atlético. Na primeira partida de 2016, estreando na Primeira Liga, o Rubro-Negro venceu o Fluminense por 1 a 0 no Estádio Raulino Oliveira, em Volta Redonda, na noite desta quarta-feira (27). O único gol da partida foi marcado pelo meio-campista Vinícius, no segundo tempo. Pouco tempo depois, o goleiro Weverton foi decisivo ao defender uma cobrança de pênalti.

O primeiro tempo começou movimentado, com as duas equipes dispostas a buscar o jogo. O Fluminense ficava mais com a bola, enquanto o Atlético explorava a velocidade de Léo e Anderson Lopes pelo lado direito. A primeira boa chance de gol foi do time carioca. Aos 14 minutos, Fred recebeu cruzamento da direita e bateu de primeira, levando muito perigo à meta de Weverton. Mas o Furacão reagiu e logo teve sua primeira chance clara de abrir o placar. Aos 18, depois de uma cobrança de escanteio, Vilches pegou a sobra e bateu rasteiro, no canto do gol, mas Wellington Silva salvou em cima da linha. E foi só.

Já na segunda etapa, Léo e Fred (que há haviam discutido durante o primeiro tempo) se desentenderam novamente e, depois de discutir e acertar uma cotovelada no lateral rubro-negro, o atacante do Fluminense atingiu Léo por trás com um soco no rosto, aos oito minutos de jogo. Os dois acabaram expulsos e Cristóvão precisou colocar Eduardo recompor o sistema defensivo. O camisa 2 acabou sendo decisivo na partida. Aos 25 minutos, Eduardo percorreu o lado direito do campo e cruzou na medida para Vinícius, de pé direito, completar para o fundo das redes. Aos 35 minutos, o mesmo Eduardo cometeu pênalti em Marcos Junior. Na cobrança, Cícero bateu no canto direito e Weverton fez a defesa para garantir o resultado. A partir disso, o Atlético se ocupou de administrar a vantagem para conquistar a primeira vitória do ano.

OS CARAS: À frente, Vinícius resolveu com um belo gol logo na estreia; lá atrás, Weverton defendeu penalidade e garantiu o resultado para o Furacão. Foram os grandes destaques da partida.

FRAQUINHO E NERVOSINHO: Como de praxe, Fred teve uma atuação apagada, perdeu um gol feito e também a cabeça. Agrediu covardemente Léo e acabou expulso de campo.

O GOL DA PARTIDA
25’/2º: Vinícius – Oportunista, Vinícius aproveitou cruzamento de Eduardo da direita e, entrando pelo meio da zaga tricolor, tocou com o pé direito para o fundo das redes de Diego Cavalieri.

PRÓXIMOS JOGOS: Operário (fora), Maringá (casa), Rio Branco (fora).

%ficha=1152%



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Insanidade

Louva-se o posicionamento do CAP em relação à atitude insana, egoísta e manipuladora do Flamengo, que chegou ao ponto de utilizar-se da peste alcançar seus…

Camisa preta edição especial.

Opinião

Viva a revolução!

Eu sou corneta. Confesso! Se o time vai mal, sou o primeiro a reclamar. Se o time vai bem, tem que melhorar. Se ganhou de…

Notícias

A evolução do Athletico

É inegável a evolução do rubro-negro. Desde a mudança no comando técnico, o Furacão vem evoluindo a cada jogo. Atualmente acumula quatro vitórias consecutivas. Além…