31 jan 2016 - 18h56

Vitória com gols de centrovante

O Atlético venceu o Operário Ferroviário por 2 a 0 na tarde deste domingo na estreia do Campeonato Paranaense 2016, no Estágio Germano Krüger, em Ponta Grosssa. André Lima entrou no segundo tempo e fez os dois gols rubro-negros.

O jogo começou muito disputado. O Operário, atual campeão, abusou das faltas e parou muitas jogadas do Atlético até com violência. A partir dos 20 minutos, o Rubro-Negro começou a chegar com mais perigo.

A primeira boa jogada veio em um lance de Vinícius, que fez a jogada pelo meio e descobriu Anderson Lopes invandindo a área. O camisa 77 driblou o goleiro Juninho e tocou para o gol, mas o chute saiu fraco e o zagueiro Douglas Mendes conseguiu tira em cima da linha.

Aos 28, Anderson Lopes chutou cruzado da esquerda e Juninho segurou em dois tempos. O Operário respondeu em seguida. Depois de cruzamento da esquerda, o lateral Danilo Baia apareceu livre na área, mas bateu muito forte e chutou por cima do travessão.

Reservas que decidiram

Meio desligado, o Atlético voltou para a segunda etapa sofrendo pressão. Wallacer e Juba tiveram boas chances antes dos 5 minutos. O Atlético respondeu depois disso, principalmente com Léo pela direita. Aos 9, Crysan desviou cruzamento de Léo, mas Juninho defendeu.

Cristóvão mudou o ataque. Por motivos físicos, sacou Anderson Lopes, que deu lugar a Sidcley. Por motivos técnicos, trocou Crysan por André Lima, reforço que estreou com a camisa rubro-negra.

Aos 13, Vinícius fez outra boa jogada, lançandou Marcos Guilherme na entrada da área, mas o camisa 10 foi travado por Peixoto. Aos 20, Rafinha apareceu na cara de Weverton, mas por sorte chutou por cima do gol. Logo depois, Juba invadiu a área e desta vez Weverton salvou o Atlético.

Aos 25, Sidcley ciscou pela ponta-direita e cruzou na área. André Lima desviou de cabeça, Juninho espalmou. Na cobrança de escanteio, Paulo André cabeceou e Juninho novamente tirou.

Animado, o Furacão passou a pressionar. Vinícius, Sidcley e André Lima construíram jogada que terminou em chute de Otávio, que desviou na zaga e foi pra fora. Na cobrança de escanteio, bate-rebate na área e André Lima esticou o pé e mandou para o fundo da rede, marcando o primeiro gol do Atlético no Paranaense 2016.

Logo depois do gol, Ewandro entrou no lugar de Marcos Guilherme, que não fez boa partida. Com poucos minutos em campo, Ewandro perdeu uma chance incrível para ampliar. Sidcley roubou bola no meio-campo, fez ótima jogada e tocou para Ewandro, que bateu rasteiro e mandou para fora. Aos 38, novamente Sidcley fez jogada pela esquerda e Ewandro concluiu, tirando tinta da trave.

Aos 48, no último minuto, um lance que resumiu o que foi o melhor do Atlético no jogo: Otávio lançou Sidcley, que avançou pela ponta-esquerda. Ele acionou Vinícius, que cruzou na cabeça de André Lima, o centroavante atleticano, que se antecipou ao goleiro Juninho e matou o jogo.

%ficha=1153%



Últimas Notícias

Libertadores

É bom rever você, Walter!

Foram necessários apenas oito minutos em campo contra o Jorge Wilstermann e um único chute a gol para uma história ser coroada com choro, abraços…