O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
20 mar 2016 - 18h08

Mais do mesmo

Mais um Atletiba, mais uma derrota, mais uma vez um time sem vontade, sem brio, apagado, derrotado de véspera. O Atlético hoje é um grande paradoxo, ostenta uma estrutura e organização de fazer inveja a qualquer clube do mundo, porém, dentro das quatro linhas, tem comportamento de time pequeno, de derrotado, não refletindo em nada a imagem que sua diretoria tenta passar, de um clube bem sucedido e relevante no cenário nacional.

Acontece que hoje o time é a projeção de sua diretoria, que trata o futebol como acessório, quase um mal necessário, estando muito mais preocupada em promover e exaltar parcerias com os indianos, teto retrátil, grama sintética, UFC, do que com o objeto fim de um clube de futebol; “promover a marca”, como eles dizem, a única projeção de marca que eu conheço no futebol são vitórias e títulos, tenho vontade de rir quando leio alguns alienados afirmando que hoje somos conhecidos internacionalmente, realmente a lavagem cerebral deu resultados, ao menos isso fazem direito.

Não seria uma situação tão preocupante se percebessemos indignação com esse descaso, porém, infelizmente, uma boa parcela da torcida comprou esse discurso arrogante dos GIGANTES, a soberba daqueles que acreditam que sim, estamos no caminho certo, que os coxas não são nossos rivais, que estamos em outro patamar no futebol local, quando a realidade nos joga na cara que não somos capazes nem de ganhar de Paraná Clube e Coritiba, sendo fregueses de carteirinha do segundo. Isso demonstra que não foi só a essência do clube que mudou, a sua torcida também, hoje uma torcida de shopping center que se orgulha da sua casa, ao mesmo passo em que não dá a mínima para as sucessivas humilhações a que somos submetidos dentro das quatro linhas.

Tudo o que foi construído é maravilhoso, mas se não for direcionado para a nossa razão de existir, não vale de nada.

E se algum acéfalo estiver pensando em responder usando termos como Pinheirão e pão com bife, leia o texto novamente, ou ignore mesmo, pois você não entendeu nada.



Últimas Notícias