12 abr 2016 - 17h59

Direção veta entrada da organizada

Na tarde desta terça-feira (12), a direção atleticana, através das mesas do Conselho Deliberativo e do Conselho Administrativo, emitiu uma nota oficial proibindo a Torcida Organizada Os Fanáticos de portar qualquer material da torcida já a partir da partida da próxima quarta-feira (13) diante do Brasil de Pelotas pela Copa do Brasil.

A medida diz respeito as últimas atitudes da organizada, como a cobrança aos jogadores rumo ao aeroporto antes da semi-final da Primeira Liga, bem como o desentendimento e até ameaças feitas ao atacante Walter no último domingo.

Confira a íntegra da nota oficial do clube:


O Clube Atlético Paranaense, por decisão de sua Diretoria e com base em ajustes verbais e por escrito, notificou hoje a Torcida “Os Fanáticos”, assim como já havia procedido com a Torcida Ultras, de que a partir desta quarta-feira, na partida entre Clube Atlético Paranaense e Grêmio Esportivo Brasil, válida pela Copa do Brasil, estarão proibidos, por período indeterminado, a entrada e o uso no Estádio Atlético Paranaense de quaisquer adereços alusivos às Torcidas Organizadas, tais como:

a) Bandeiras de qualquer tamanho;

b) Todo e qualquer tipo de vestuário (camisas, calças, bermudas e bonés de torcida organizada);

c) Faixas de qualquer tamanho;

d) Baterias e demais instrumentos musicais;

e) Adereços de mão como as “caveiras” e outros.

Informamos, igualmente, que nos próximos dias serão recolocadas cadeiras no setor FAN do Estádio e que o atual caixote alocado na área será removido e devolvido à torcida.

Tal medida proibitiva é decorrente dos últimos e lamentáveis episódios protagonizados pelas Organizadas, com o bloqueio do ônibus do Clube e seu apedrejamento, provocando danos ao patrimônio e ameaça aos atletas e comissão técnica do CAP quando da ida ao aeroporto de Curitiba para a partida contra o C.R. Flamengo, pela Primeira Liga.

Como se não bastasse este grave e inaceitável comportamento, a Torcida “Os Fanáticos”, além de hostilizar o atleta Walter Henrique da Silva durante a última partida, publicou vídeo em que o ameaça física e moralmente, com ofensas injuriosas e desrespeitosas, que acabam por atentar, novamente, contra o patrimônio e a imagem do CAP.

O CAP ressalta e manifesta com essa decisão que não tolerará qualquer ato contrário à lei, à probidade, à moral, às imagens e ao patrimônio do Clube. O futebol brasileiro não comporta mais atitudes nefastas como as aqui mencionadas, assim como episódios de violência que atentem contra o esporte, as pessoas envolvidas direta ou indiretamente com a Instituição CAP e a preservação da ordem. Este é um compromisso do CAP com suas finalidades estatutárias e com toda a sociedade.

DIRETORIAS DAS MESAS DO CONSELHO DELIBERATIVO E ADMINISTRATIVO



Últimas Notícias

Opinião

Guenta os Coxa

Foram, são e serão sempre os nossos rivais. Sim, temos que “guentar os coxas”. Hoje pode parecer fácil, mas não é. No rugby aprende-se muito…

Paranaense

TRICAMPEÃO!

Rubro-negros e alvi-verdes protagonizaram a 19ª final entre eles na história da competição estadual. Com o resultado, o Athletico somou o 10° título sobre o…