O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
20 abr 2016 - 11h31

Precisamos quebrar a maldição do vice

Tem muita coisa em jogo nessa decisão contra o fluminense que é a vergonha do rio de janeiro.

Esta em jogo não só o título mas principalmente a quebra dessa maldita maldição de sermos sempre Vices. Esta em jogo a falta de interesse a falta de vontade de ser campeão, do medo que vimos nossos jogadores e ex jogadores sentirem.

Tudo isso tem que ser passado a partir de quinta feira, com o título de campeão regional da primeira liga.

Que o Mario Petraglia tenha aprendido a lição que todo grande general sabe. Motivação para enfrentar desafios, sem soberbas sem passar para seus subordinados que: É apenas mais um jogo’.

Vamos contratar um hisoriador de guerra , ou um motivador , qualquer coisa que mostre como é importante ser CAMPEÃO! Eu como sócio e torcedor e sei que falo por muitos, não aguento mais ser VICE. Dias desses eu vi um debate acalorado e fiquei com vergonha quando descobri que desde a revolução petragliana em 1995 o Atlético Paranaense já tem 1 VICE a mais do que títulos.
9 VICES X 8 Títulos.

E se formos Vices do fluminense e dos porcos no rural coisa vai ganhar proporções vergonhosas.

Todos esses anos vejo poucas pessoas se incomodar com tantos Vices. Parece que é uma torcida que aceita o fracasso naturalmente.

1000 vezes chegaaaaa! Vamos furacão, vamos jogadores mostrem honra,caráter,dedicação e vamos logo botar essa faixa no peito.

‘ Vamos! ó meu furacão, quero! Gritar Campeão.
Vamos jogar! por mais essa taça!…



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Brasileirão 2019

Após o título do Furacão pela Copa do Brasil, o estado de êxtase que cada athleticano vive é algo surreal. É um momento mágico, fruto…