O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
30 maio 2016 - 16h32

Venceu, mas não convenceu

A primeira vitória neste campeonato brasileiro, foi um alívio imediato para nos tirar da ZR, mas não para nos deixar tranquilos.

A situação é preocupante, o nosso time parece que desaprendeu a jogar pelo que jogou nos jogos decisivos do paranaense deste ano.

Já se passaram quatro rodadas do nacional, perdemos duas, empatamos uma e vencemos somente na quarta rodada. Talvez alguns achem isso normal, já que a nossa largada é sempre assim e no final das contas as coisas se ajustam, mas não podemos esquecer que este anos todas as equipes estão igualadas no aspecto qualidade técnica, não tem nenhum clube que esteja disputando o nacional que despontou, só a propaganda gratuita da mídia nacional que ponta o Santa Cruz como sendo o time inglês Leicester que assombrou a Inglaterra e a Europa.

Mas nesta quarta rodada empatou com o Chapecoense. Portanto o nosso futebol é pobre para não dizer miseravelmente caído no aspecto qualidade técnica. Tem lá um ou outro jogador que desponta, mas nem lembrados para está seleção do Dunga e CBF são lembrados.

E ai é que mora o perigo. Se o Atlético não se ajustar ou se qualificar em campo, estaremos como em anos anteriores brigando para não cair, já que a primeira fase de 2015 do nacional foi uma surpresa e a gordura de pontos acumulados nos salvou da ZR. E portanto não podemos nos esquecer de que campeonato com qualidade técnica equilibrada, as coisas ficam mais difícil de serem revertidas.

E até que Weverton está correto e seu pronunciamento, que não podemos mais passar sufoco no final de cada jogo, depois de estar o vencendo tranquilamente por mais ou menos 85 minutos. Isso é inconcebível!

Só que Paulo Autori tem que rever o seu esquema tático e nesta questão vou mais pelo palpite que escuto e vi acontecer. Dos gols já tomados, todos foram de bola lançada da área adversário para o lado do nosso campo e seus atacantes deixando nossos zagueiros a ver navios, já que a nossa marcação está totalmente adiantada da zaga ao ataque e temos zagueiros lentos e pesados, assim deixando um vazio entre Weverton e os nossos zagueiros. Pelo que soube já foram sete gols contra e construídos pelos adversário desta forma com bola lançadas para nos pegar de calças curta.

E se isso é uma dos problemas, Paulo Autuori já pode rever seu planejamento técnico e começar a utilizar o Plano B para amenizar este furo no esquema tático do time em campo.

E como na Era de Pontos Corridos, é necessário vencer, mas nunca esquecendo, que se não puder vencer o adversário em seus domínios por serem mais qualificados, um empate não é ruim, já o que vale na Era dos Pontos Corridos é somar pontos o máximo que puder e acumular gordura para as fases de vacas magras como aconteceu em 2015, caso contrário é brigar para não cair este ano.



Últimas Notícias

Notícias

Buscando a recuperação

O Athletico recebe o Internacional em partida válida pela 10ª rodada do Brasileirão 2019 tentando a recuperação. A equipe de Tiago Nunes perdeu 4 das…