1 jun 2016 - 21h44

Nocauteado

Não foi dessa vez que o Atlético conseguiu vencer fora de casa pelo Campeonato Brasileiro. O Furacão perdeu para o Internacional por 1 a 0, pela 5ª rodada da competição, no Beira-Rio. O time até jogou bem no primeiro tempo, mas tomou um gol de Paulão em um lance polêmico, aos 38 minutos do primeiro tempo e perdeu por 1 a 0. Com o resultado, o Furacão cai para 19ª colocação, enquanto o Colorado garantiu a liderança do campeonato. A próxima partida será neste sábado (04), contra o Santa Cruz, na Arena da Baixada.

Apesar de jogar contra um dos líderes do Brasileiro, o Atlético não se intimidou e começou melhor. O Furacão explorava principalmente os contra-ataques e levava mais perigo que o Colorado. Aos 13 minutos, Walter recebeu de Marcos Guilherme, fez o giro e saiu livre pelo lado direito. O atacante chutou rasteiro e acertou a trave de Danilo Fernandes. Aos 15 minutos, foi a fez de Giovanny receber de Marcos Guilherme pelo lado esquerdo e levar perigo. O meio-campista passou pelo marcador e bateu de canhota para o gol, mas a bola pegou pelo lado de fora da rede.

A partir daí, o Inter começou a ganhar mais volume de jogo e controlar a posse de bola. Aos 38 minutos, um lance polêmico mudou o rumo da partida. Após cruzamento na área em um escanteio para o Colorado, Paulão disputou a bola com Cléberson e acertou uma joelhada que nocauteou o zagueiro atleticano, que chegou atrasado. No mesmo lance, a bola bateu no braço de Paulão. A bola sobrou para Vitinho, que completou para o fundo das redes. Os jogadores do Atlético reclamaram, mas o árbitro decidiu validar o gol.

Na volta do intervalo, o jogo ficou feio. A bola pouco rolou no chão e os dois times abusaram das faltas. Logo aos três minutos, Paulão acertou um chute alto em Walter durante uma disputa de bola e foi amarelado. A partir daí, os cartões amarelos foram distribuídos aos montes. Ao todo, foram cinco para o Internacional e dois para o Atlético. Com pouco poder de reação, o Furacão parou na defesa do Inter e não conseguiu marcar.

DESTAQUE POSITIVO: Walter. O atacante foi muito bem, criando jogadas e finalizando no primeiro tempo. Na segunda etapa, o atacante caiu junto com o time, mas não recebeu em boas condições no ataque.

DESTAQUE NEGATIVO: Pablo. Jogador não consegue render no meio de campo e é pouco efetivo no ataque.

OS GOLS
Internacional- 38’/1º: Vitinho – Depois que Paulão acertou Cléberson em uma disputa de bola na grande área, o atacante do Inter pegou a sobra e completou para o fundo das redes.

PRÓXIMOS JOGOS: Santa Cruz (casa), São Paulo (fora) e Ponte Preta (fora)
%ficha=1183%



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Time voando baixo

Foi um “Passeio”, o time comandado por Eduardo Barros, deu aula… Os meninos Christian e Erick, comando meio de campo, Wellington o “maestro” regendo a…

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…