O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
8 jun 2016 - 16h52

Futebol e Casa de Show

Os poucos sócios ou público que o Atlético tem em seus jogos, não é questão de preço das cadeiras ou dos ingressos, meu caro Wodson!

É uma questão de prioridade na vida das pessoas, dada a qualidade do produto oferecido (Produto = jogadores e time desqualificado) que depreciam o espetáculo e não satisfazem os desejos dos consumidores (vitórias e conquistas).

Aquela paixão pelo clube, na grande maioria dos torcedores, acabou. É fato!

Essa paixão não era só pelo Clube, era também pelos Jogadores, porque sabíamos que eles estavam defendendo o clube, vestindo a camisa e faziam de tudo para ganhar as partidas e os campeonatos de que participavam. Mesmo que perdesse a gente sabia que eles faziam o possível e o impossível para vencer. Todos abraçavam a causa pelo clube e lutavam por ele. Nós sentíamos isso no ar. Assim como hoje, nós estamos sentindo um ar bem diferente.

Quando o futebol teve que se profissionalizar – clubes viraram EMPRESAS, os jogadores, itinerantes, são administrados por EMPRESÁRIOS, para esfolar os clubes. A TORCIDA também mudou, se adaptou, evoluiu junto, virou CONSUMIDOR.

Assim, como a relação do JOGADOR mudou em relação ao CLUBE, é uma relação estritamente profissional: o jogador ganha bem para jogar bem futebol, o Clube, por sua vez, o contrata, para produzir em campo bons resultados e vencer as competições e mais tarde vende-lo para obter o retorno do investimento + renda. A relação do TORCEDOR com o JOGADOR e com o CLUBE mudou também, é uma relação comercial, de consumidor. E aquela paixão, em parte, virou satisfação das necessidades.

Todo este grande negócio (FUTEBOL) está baseado no tripé (Clube, Jogadores e Torcedores). Mas, hoje em dia, está alicerçado ou explorado pelo Poder Econômico (interesses), que é comandado pela MÍDIA. É ela que se alimenta e alimenta todo esse negócio. Nós somos apenas CONSUMIDORES. A torcida do clube é a que menos apita nesse negócio todo. Eles usam nossas emoções, nossos sonhos, nossos desejos para explorar e conquistar seus objetivos de lucros. A muito, que o Futebol não sobrevive mais somente com a renda dos seus torcedores.

Administrou mau seu negócio, vira um Paraná ou Coritiba, endividado e sem perspectivas. Sobrevive mendigando recursos aqui ali, com um patrimônio dilapidado que não gera recursos nenhum, muito pelo contrário só dá despesas.

Porque vcs acham que alguns times do eixo Rio e SP tem a preferência da Mídia? Porque o critério é o público alvo. Porque o Corinthians e o Flamengo são os times que mais ganham na divisão do bolo da Mídia? Eles representam a maioria do público em todo o País. O resto só está nessa partilha com uma pequena parte, porque eles também dependem de nós para darem o seu SHOW.

Muitos torcedores reclamam do MCP que construiu uma CASA DE SHOW e largou o futebol em terceiro plano. Vamos olhar para o lado e compararmos com o nosso rival coxa, que só investiu em futebol enquanto o Atlético investia na sua “Casa de Shows”. O nível de endividamento é quase o mesmo. No Atlético o endividamento foi aplicado na Estrutura do clube e no Coxa o endividamento só pode ter sido no futebol, porque a pequena reforma que fizeram foi com parceria. Não estou vendo a grande torcida coxa branca enchendo o estádio deles, diria até que a média do público do coxa é menor do que do Atlético. O estádio deles é um grande elefante verde e branco, obsoleto e que só serve para o futebol, não traz renda nenhuma ao clube. Nós não ganhamos nada nos últimos 10 anos, mas investimos na Estrutura que nos dá respaldo para continuarmos vivos. O Coxa também não ganhou nada nesses últimos 10 anos, e, para quem não investiu em estrutura é um Clube em franca decadência, sem muita alternativa.

Se compararmos o Futebol com os Shows que tem por aí, a diferença de preço e público é absurda. Porque? Vocês acham que se tivéssemos um UFC na arena do Atlético toda a semana e com lutadores meia boca, logo logo não estaríamos com a arena vazia pra isso também? Precisamos melhorar a qualidade do nosso futebol para aumentar o nosso público e para termos o “saco” de irmos todas as semanas assisti-los. Na relação de troca desse NEGÓCIO atualmente, o preço está caro, dada a qualidade do elenco. Tenho outras prioridades mais atraentes na minha vida. A PAIXÃO QUE TEMOS PELO CLUBE E PELOS JOGADORES É MEDIDA PELA RECIPROCIDADE. O pouco público nos jogos não é exclusividade do Atlético, mas, é reflexo da qualidade do produto que nos oferece por ora. O futebol decaiu muito nos últimos anos, basta ver a seleção brasileira. O que era imperdível, para mim, a alguns anos atrás, hoje eu nem assisto mais. É um amontoado de super atletas milionários que só querem se promover ou promover seus patrocinadores e não mais o Brasil. Tem jogadores que são convocados e pedem dispensa. E isso é em igual medida com vcs jogadores dos clubes aqui no Brasil. Vocês estão loucos para na primeira oportunidade saírem do país. Porque eu vou perder meu tempo e meu rico dinheirinho pra assistir um bando de pernas de pau, desmotivados, sem vontade, querendo se promover as minhas custas? Sabendo que vcs não estão comprometidos com o clube que jogam e com nós torcedores.

Serei sempre um Atleticano, como sempre fui desde que nasci, e serei até a morte, porque dediquei grande parte da minha vida a essa grande paixão e tenho gratas lembranças de quando, mesmo nas derrotas, sentíamos que todos faziam o seu melhor pelo Atlético. Agora temos uma CASA DE SHOW e tratem de dar SHOW a altura do Atlético, senão a casa ficará vazia, sim. E não será pelo preço do ingresso, pode estar certo disso.

Torcida Atleticana, nós temos sim uma grande e bela CASA DE SHOW, se ela é cinza, azul ou amarela não importa, é nossa, e ninguém tem igual, e é todinha ela explorada pelo Atlético. Na qual o Atlético dá os seus shows de futebol (que precisa melhorar muito, mas muito ainda, para encher a casa), mas acostumem-se com o fato de que lá também é um local que terá inúmeras finalidades e atividades, que trarão recursos para o Atlético. Alegrem-se, valorizem o que temos e unam-se, porque nós temos uma perspectiva positiva para frente. Eu passo todos os dias em frente ao Belfort Duarte (chamo-o assim, porque ele está assim desde que se chamava assim), um imenso estádio morto, que só serve para o Coxa jogar 3 ou 4 vezes por mês e o resto do tempo fica às moscas dando despesas. Passo todos os dias em frente ao Paraná Clube, esse então, não é nem dono do seu estádio. Só investe em futebol e só depende de futebol e não me parece que sua torcida está satisfeita ou enchendo o estádio em todos os jogos. Portanto, alegrem-se, seus tronxos, bundas moles, ficam aí de nhenhenhem, briguinha aqui, briguinha ali, assim nós estamos nos equiparando com as outras torcidas.



Últimas Notícias

Notícias|Opinião

Até o fim

No dia 10 de maio de 2005, o Athletico sofria uma das piores goleadas da história jogando dentro de seus domínios. Na Arena da Baixada,…