11 jun 2016 - 22h58

Vitória maiúscula!

Com uma vitória maiúscula, o Atlético derrotou o São Paulo por 2 a 1, na noite deste sábado (11), pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, e quebrou um tabu de 33 anos sem vencer no Morumbi. O time paulista abriu o placar no primeiro tempo com Maicon. O Rubro-Negro conseguiu a virada na etapa final com os volantes Otávio e Hernani.

Com o resultado, o Rubro-Negro subiu para a oitava posição, com 10 pontos. O São Paulo é o sexto, com os mesmos 10 pontos conquistados. Na próxima quarta-feira (15), às 19h30, o Atlético enfrenta a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli.

Tempos diferentes

O primeiro tempo foi todo do São Paulo. Logo aos dois minutos, Maicon acertou a trave, após uma cobrança de falta. Aos 14’, Ytalo levou perigo à meta de Weverton, após uma boa triangulação do time paulista. A superioridade do São Paulo foi nítida e, de tanto insistir, a equipe abriu o placar aos 40’. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Maicon subiu mais que a zaga atleticana e cabeceou para as redes. O Furacão não conseguiu mostrar o futebol pedido por Paulo Autuori, errou muitos passes e não chutou uma vez sequer ao gol adversário.

No intervalo, Autuori colocou Nikão no lugar de Ewandro. A mudança deu mais movimentação ao time no campo de ataque. Mas foi o São Paulo que arriscou primeiro, aos 11′. O atacante Ytalo chutou de fora da área e a bola tocou nas duas traves antes de ficar com a zaga atleticana, levando perigo ao gol do Furacão. Walter também entrou na equipe, na vaga de Marcos Guilherme, e o Rubro-Negro ganhou nova força ofensiva. Aos 16′, o camisa 18 fez Denis trabalhar pela primeira vez, quando recebeu na esquerda e chutou cruzado para a defesa do goleiro.

O gol de empate do Furacão veio aos 21′. Léo ganhou da zaga, cruzou para o meio, e Otávio, com tranqüilidade, marcou o gol do Atlético. Após o empate do Furacão, Autuori colocou Hernani no lugar de André Lima, talvez tentando segurar o resultado. Porém, a mudança foi certeira e o time virou a partida. Aos 41′, Nikão bateu escanteio no primeiro pau, Hernani venceu o zagueiro adversário e cabeceou sem chances para Denis. Como resultado decretado, o Rubro-Negro segurou o jogo nos últimos minutos, conquistou os primeiros três pontos fora de casa e quebrou o tabu de 33 anos sem vencer o São Paulo no Morumbi.

DESTAQUE POSITIVO: Mudança de postura e alterações de Paulo Autuori. O Furacão não jogou no primeiro tempo, mas o vestiário e as mudanças do treinador foram fundamentais para que o time virasse a partida.

DESTAQUE NEGATIVO: Primeiro tempo abaixo da média. O Atlético não acertou nada na etapa inicial, apenas assistiu ao São Paulo jogar.

OS GOLS
São Paulo – 40’/1º: Maicon – O zagueiro subiu mais que a zaga atleticana após um escanteio cobrado por Kelvin e abriu o placar.
Atlético – 21’/2º: Otávio – O volante recebeu cruzamento da direita de Léo, dominou e bateu com tranqüilidade no canto esquerdo de Denis.
Atlético – 41’/2º: Hernani – Hernani subiu mais que o zagueiro adversário no primeiro pau e virou o jogo para o Furacão.

PRÓXIMOS JOGOS: Ponte Preta (fora) e Santos (casa).

%ficha=1185%



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Temos que repensar

Como sempre gosto de acompanhar às notícias sobre o CAP, e li que o uruguaio recém contratado, não será aproveitado neste ano no CAP. Então…

Notícias

Em busca dos pontos perdidos

A tabela do Campeonato Brasileiro e o sorteio das chaves tanto da Copa Brasil como da Taça Libertadores da América acabaram criando um cenário curioso…

Opinião

Só a vista por amor

Sou chato. Costumo dizer que já sou um velho faz uns vinte anos (e com o tempo só piora). Assim como boa parcela da torcida…