15 jun 2016 - 21h51

Frustração em Campinas

O Atlético volta de Campinas nesta quarta-feira com uma derrota na bagagem, pela 8 rodada do Campeonato Brasileiro. O Furacão perdeu por 3 a 2 para a Ponte Preta em um jogo aberto, mas com muitas falhas da defesa. Os gols da Ponte foram marcados por Fábio Ferreira, aos dois minutos do primeiro tempo, e por Reinaldo e Jeferson, aos 16 e 23 minutos do segundo, respectivamente. Já o Atlético marcou com Paulo André, aos 10 da primeira etapa e com Walter, aos 47 minutos do segundo tempo. Com o resultado, o Rubro-Negro fica na 10ª posição. O próximo compromisso é no sábado (18), contra o Santos, às 18h00, na Arena da Baixada.

Os dois times começaram buscando o ataque e o jogo foi aberto desde o início. Logo aos dois minutos, a Ponte Preta abriu o marcador. Wanderson cortou bola cruzada por Reinaldo em uma falta e Clayson pegou o rebote. De cabeça, o jogador da Ponte devolveu a bola à área e, Pablo, de forma espalhafatosa, afastou para o lado. A bola sobrou livre para Fábio Ferreira, que, voltando de posição de impedimento, fuzilou de perna esquerda para o gol. Mas o Furacão não se abalou e aos 10 minutos chegou ao empate. Walter cobrou falta pela direita, a bola passou por todo mundo e Paulo André completou para o gol. Ao fim do jogo, Léo se envolveu em uma confusão com Clayson em um lance paralisado, mas o árbitro não marcou nada e encerrou a primeira etapa.

No segundo tempo, o Atlético não entrou com o mesmo ímpeto e sofreu com as investidas da Ponte. Aos 16 minutos, Roger fez boa jogada pela esquerda e soltou para Reinaldo, que fez a finta sobre Deivid e driblou Paulo André de forma desconsertante para completar para o gol. Aos 23 minutos, Wanderson tentou cortar lançamento da Ponte e se atrapalhou com Wéverton. A bola sobrou livre para Jeferson marcar o terceiro. Com dois gols a menos, o Atlético chegou a descontar no finalzinho, aos 47 minutos. Deivid disputou bola no ataque e Walter pegou a sobra com um chute de primeira, que entrou no ângulo de João Carlos. Mesmo assim, o Furacão saiu de campo derrotado.

DESTAQUE POSITIVO: Walter, que com uma assistência e um gol, foi fundamental para o Furacão, apesar da derrota.

DESTAQUE NEGATIVO: Pablo. Inoperante no ataque, o jogador também falhou em um dos gols da Ponte.

OS GOLS
Ponte Preta- 02’/1º: Fábio Ferreira – O jogador voltou de posição de impedimento para aproveitar rebote de bola mal afastada por Pablo.
Atlético – 10’/1º: Paulo André – O zagueiro aproveitou cruzamento de Walter em falta pela direita para marcar.
Ponte Preta – 16’/2º: Reinaldo – Reinaldo driblou Deivid e Paulo André para bater de esquerda, dentro da área, sem chances para Wéverton.
Ponte Preta – 23’/2º: Jeferson – Após trapalhada entre Wanderson e Wéverton, o atacante só teve o trabalho de completar para o fundo das redes.
Atlético – 47’/2º: Walter – O atacante pegou sobra de bola dividida por Deivid e chutar no ângulo de João Carlos.

PRÓXIMOS JOGOS: Santos(casa), Chapecoense(fora) e Grêmio(casa).



Últimas Notícias

Opinião

E lá se vão 6 anos

O tempo passa. Completamos hoje 6 anos de Nikão no Athletico. Há exatos 6 anos recebíamos Maycon Vinicius Ferreira da Cruz, conhecido como Nikão. Quando…

Ao Sol e à Sombra

Caju

Dizem que onde o goleiro pisa, nunca mais cresce a grama. Mas no estádio Joaquim Américo, mesmo agora, com o gramado sintético, a grama é…

Fala, Atleticano

Pandemia x Pandético

Infelizmente em 2020 tivemos que conviver com esta pandemia, isolando jogadores e torcida, mas como reflexão sabemos que a cada dia que passa esta situação…

Fala, Atleticano

Planejamento

Alguns equívocos sucederam a saída de Thiago Nunes da equipe principal, razão pela qual da queda brutal no desempenho em campo, este recuperado parcialmente para…

Fala, Atleticano

O pior Atletiba que eu vi

Olha, foi “tenso” assistir o Clássico… Sóbrio , ver o jogo, nem pensar… Jesus, que “Show de Horrores” !!!! Uma equipe, tentando jogar apesar de…