11 jul 2016 - 22h11

Boa noite, G4!

Na noite desta segunda-feira, uma equipe visitante vestida de rubro-negro invadiu o Mineirão e não se deu conta do adversário. Não, não era a Alemanha! Foi o Atlético que, com inteligência, venceu o Cruzeiro por 3 a 0, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols foram marcados por Pablo, aos 19 do segundo tempo, e por André Lima, aos 22 minutos e aos 34 minutos. Com o resultado, o Rubro-Negro chegou aos 23 pontos na tabela e termina a noite na quarta posição da competição. O próximo compromisso é no próximo domingo, às 16h00, contra o Vitória, na Arena da Baixada.

O Cruzeiro dominou todo o primeiro tempo. Com a marcação adiantada, que pressionava o Atlético em sua defesa, a raposa chegou várias vezes ao ataque. Logo aos quatro minutos, William bateu cruzado de primeira e a bola saiu à direita de Wéverton. Um lance muito parecido aconteceu aos oito minutos, quando William também bateu cruzado após falha de Sidcley e a bola foi para fora. Os mandantes continuaram pressionando e quase abriram o marcador aos 36 minutos, não fosse defesa milagrosa de Weverton. O goleiro defendeu um chute de fora da área de Robinho e na sequência impediu que Rafael Sóbis marcasse no rebote. Após toda a pressão sofrida, o Atlético conseguiu se soltar e quase marcou no minuto final com Vinicius. Aos 47 minutos, o jogador recebeu de Hernani na entrada da área e chutou no ângulo esquerdo de Fábio, que só olhou. Para a infelicidade do Atlético, o chute saiu por cima da meta.

Na segunda etapa, o Furacão adiantou a marcação e começou a jogar de igual para igual com o Cruzeiro. Aos 15 minutos, Weverton defendeu chute de Rafael Sóbis dentro da área, mas foi a última investida perigosa dos mandantes. A partir daí, só deu Furacão. Aos 19 minutos, Wéverton deu um chutão e a bola foi parar no domínio de Bruno Rodrigo. O zagueiro cruzeirense se atrapalhou com a bola e escorou para trás, nos pés de Pablo, que fez o giro e marcou. Aos 22 minutos, Marcos Guilherme inverteu o jogo para Nikão na direita, que cortou para o meio e serviu André Lima, que não desperdiçou. Aos 34 minutos, Marcos Guilherme recebeu pela direita, foi até a linha de fundo e cruzou para o mesmo André Lima ampliar. Depois disso, o Cruzeiro ficou completamente sem reação e o Furacão só administrou.

DESTAQUE POSITIVO: André Lima. O centroavante jogou pouco, mas fez bonito ao marcar dois gols nas oportunidades que teve.

DESTAQUE NEGATIVO: Vinicius. Apesar do bom resultado, o jogador destoou do resto do time e foi muito mal.

OS GOLS
Atlético – 19’/2º: Pablo – Após lambança de Bruno Rodrigo, o atacante só teve o trabalho de dominar e mandar para o fundo do gol dentro da área.
Atlético – 22’/2º: André Lima – Nikão recebeu livre dentro da área e tocou para André Lima que empurrou para o fundo do gol.
Atlético – 34’/2º: André Lima – Marcos Guilherme escapou com liberdade pela direita e cruzou na medida para o atacante completar de cabeça.

PRÓXIMOS JOGOS: Vitória (casa), Chapecoense (casa) e Fluminense (casa).

%ficha=1192%



Últimas Notícias

Camisa preta edição especial.

Opinião

Viva a revolução!

Eu sou corneta. Confesso! Se o time vai mal, sou o primeiro a reclamar. Se o time vai bem, tem que melhorar. Se ganhou de…

Notícias

A evolução do Athletico

É inegável a evolução do rubro-negro. Desde a mudança no comando técnico, o Furacão vem evoluindo a cada jogo. Atualmente acumula quatro vitórias consecutivas. Além…