O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
18 jul 2016 - 10h58

Polêmicas do CAP

Em vista das polemicas dos bastidores entre a Diretoria do Clube e as torcidas organizadas, quem está perdendo com está “guerra” parcialmente é o clube, não que as organizadas sejam importantes, mas devido aos demais torcedores que aparecem dependentes destas torcidas, sim!

Como já disse, antes sem há existências das organizadas, as charangas ou bandinhas eram a alegria da torcida. Eu em particular acredito que torcedor que é torcedor não precisa de muita coisa para incentivar o grupo de jogadores à buscar à vitória, e jogador que honra a camisa que veste também não precisa de organizada para tal. Visto que a poucos meses eles foram emboscados e quase apanharam e agora vem dizer que sem as organizadas o ambiente fica estranho. Memória curta destes jogadores ou síndrome de mulher de malandro.

Também acredito que nas “organizadas” tenha torcedor verdadeiro do clube, mas infelizmente em sua grande maioria é um bando de piazada que se reuni e saem pelas ruas fazendo vandalismo. Talvez sejam a minoria como dizem, mas acabam sujando o brilho da maioria pelo que se lê, ouve ou assiste após os jogos do CAP em Curitiba e fora da cidade.

Mas para isso sempre existe uma palavra chamada “diálogo”, onde as partes reúnem –se e chegam a um acordo benéfico para ambos os lados.

Do meu humilde ponto de vista, acredito que a Diretoria cede caso os líderes das organizadas se comprometam a identificar os vândalos e os expulsar do grupo, como também o Clube tomar suas providências e os cadastrar para não mais adentarem na Arena. Fora desta situação, é questão de polícia.

Portanto acredito em um fim honroso para ambos os lados, desde que sejam corretos no cumprimento do acordo selado entre as partes.

E como já disse, é bom as organizadas, talvez para alguns sejam, como também para outros não, na questão, torcer pelo Clube Atlético Paranaense e fazer estes jogadores sentirem que o verdadeiro torcedor é aquele que compra o seu ingresso ou se associa ao clube e vai lá somente torcer independente de como a partida estiver rolando em campo.

Eu acredito em um acordo, mas um acordo de cavalheiros que seja cumprido e respeitado, caso contrário é bom os jogadores e alguns torcedores irem se acostumando com bandinha o charanga, porque lá dentro da Arena sempre será lugar do verdadeiro torcedor atleticano e não de arruaceiros organizados que vestem as cores do clube, mas não o honram com civilidade e respeito.

Confesso que já cansei de não poder levar minha família na Arena e pior ainda, dependendo o jogo nem eu vou para não correr risco de vida pela atitude de pseudos torcedores do Clube Atlético Paranaense e torcidas adversárias que se intitulam como torcidas organizadas, mas na verdade são bem desorganizadas ao ponto de aceitarem miliantes em seu meio e denegrir sua imagem de torcedor.

A dica deste humilde torcedor está aí. É diálogo e honrar a palavra para tudo voltar a ser como antes, somente torcer e torcer pelo Clube Atlético Paranaense.



Últimas Notícias

Notícias|Opinião

E o Pai se foi

Chega ao fim a passagem do nosso Bergson pelo Athletico. Assinou hoje a sua rescisão de contrato e vai jogar no Ceará. Jogador de sorriso…