21 jul 2016 - 23h13

Empate amargo

Diante de pouco mais de 24 mil pessoas presentes na Arena, o Atlético não saiu do empate sem gols contra a Chapecoense, pela partida de ida da terceira fase da Copa do Brasil. O Furacão não jogou bem e ao fim da partida foi vaiado pela torcida. O próximo compromisso do Atlético é domingo (24), às 16 horas, contra o Fluminense, na Arena, pelo Campeonato Brasileiro. Já o jogo de volta contra a Chape, será na próxima quinta (28), às 19h30, na Arena Condá.

O primeiro tempo começou movimentado, apesar de as duas equipes não chegarem com perigo ao gol. O Atlético se lançou ao ataque nos minutos iniciais, mas, aos poucos, a Chapecoense foi adiantando sua marcação e igualar o jogo. Já na parte final da primeira etapa, o Furacão buscou uma das alternativas frente ao ferrolho da Chape: os chutes de média distância. O primeiro veio com Hernani, aos 38 minutos. O volante recebeu com liberdade no meio de campo e arriscou um chute forte e rasteiro, que o goleiro Danilo espalmou para o lado. Um minuto depois, Vinicius escapou pela direita e encontrou espaço para outro chute de fora da área, também defendido por Danilo, e foi só.

No segundo tempo, quem achava que o Furacão iria para cima com tudo em busca da vitória dentro de casa se decepcionou. O rubro-negro praticamente não atacou e, aos poucos, viu a Chapecoense tomar conta do jogo. Aos 14 minutos, Hyoran cruzou e por pouco Bruno Rangel não abriu o placar. Aos 25 minutos, o mesmo Bruno Rangel não marcou de cabeça. Aos 33 minutos, Hyoran pegou a sobra de bola rebatida na área e bateu de primeira e abola passou à direita de Wéverton. Nos acréscimos, André Lima quase abriu o placar após cruzamento de Giovanny, mas a bola bateu na mão do atacante e terminou na trave. Após o apito final, a torcida atleticana vaiou a equipe.

DESTAQUE POSITIVO: Wéverton. O goleiro foi bombardeado pelo ataque catarinense no segundo tempo, mas segurou o resultado.

DESTAQUE NEGATIVO: Paulo Autuori. Nas últimas partidas, a tática do treinador se resumiu aos passes laterais e falta de ofensividade.

O GOL
Não teve.

PRÓXIMOS JOGOS: Fluminense (casa), Chapecoense (fora) e Sport (fora).

%ficha=1194%



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Temos que repensar

Como sempre gosto de acompanhar às notícias sobre o CAP, e li que o uruguaio recém contratado, não será aproveitado neste ano no CAP. Então…

Notícias

Em busca dos pontos perdidos

A tabela do Campeonato Brasileiro e o sorteio das chaves tanto da Copa Brasil como da Taça Libertadores da América acabaram criando um cenário curioso…

Opinião

Só a vista por amor

Sou chato. Costumo dizer que já sou um velho faz uns vinte anos (e com o tempo só piora). Assim como boa parcela da torcida…