24 jul 2016 - 17h59

Colei, G4!

Com o placar mínimo de 1 a 0, o Atlético venceu o Fluminense na tarde deste domingo (24), na Arena da Baixada. O gold o Furacão foi anotado por Hernani, aos 33 minutos do primeiro tempo, em um jogo que ficou marcado pela presença de vários jovens em campo e no banco do Atlético. Com o resultado, o Rubro-negro soma 27 pontos e fica na quinta posição do Brasileiro, há dois do Santos, o primeiro do G4. O próximo compromisso do Furacão no Brasileiro é contra o Sport, na Ilha do Retiro, no próximo sábado (30), às 18h00.

O Atlético pressionou o Fluminense no início e quase abriu o placar nos primeiros minutos de jogo. Aos seis minutos, Yago ganhou disputa de bola no lado direito do meio campo, percorreu por toda a defesa do Flu e tocou para Vinícius, dentro da área. O meio-campista cortou para o meio e chutou à esquerda de Cavalieri, mas Gum tirou em cima da linha. O Fluminense foi ganhando espaço e, aos 20 minutos, quase abriu o placar. Cícero escapou pelo lado direito e Wéverton foi dividir fora da área com o jogador. O goleiro atleticano perdeu a bola e Cícero só não abriu o placar porque Wanderson interceptou o chute dentro da área. Aos 33 minutos, depois de jogada de Pablo, Walter segurou dentro da área e entrou para Hernani, que, vindo de trás, acertou um belo chute dentro do gol.

Na etapa complementar, o Atlético foi superior e criou as melhores oportunidades. Aos 19 minutos, Juninho recebeu na esquerda, cortou para o meio e chutou, rasteiro, na trave de Cavalieri. Aos 21 minutos, Yago fez da mesma forma, pelo lado direito, mas Cavalieri defendeu o chute. A partir daí, o jogo foi ficando morno e as faltas tomaram o espaço dos dribles. Sidcley quase ampliou aos 40 minutos, depois de jogada individual dentro da área, mas a bola passou à esquerda de Cavalieri e foi só.

DESTAQUE POSITIVO: Yago. Com personalidade e, principalmente, habilidade, o jogador de 19 anos infernizou a zaga do Flu pela direita.

DESTAQUE NEGATIVO: “Cavalaria Tricolor”. O time do Fluminense recompensou a falta de criatividade com muitas faltas e cartões amarelos.

O GOL
Atlético – 33º – Hernani – O volante recebeu de Walter dentro da área e, de frente para o goleiro, chutou de primeira para o fundo das redes.

PRÓXIMOS JOGOS: Chapecoense (fora), Sport (fora) e Corinthians (casa).

%ficha=1195%



Últimas Notícias

Libertadores

É bom rever você, Walter!

Foram necessários apenas oito minutos em campo contra o Jorge Wilstermann e um único chute a gol para uma história ser coroada com choro, abraços…