1 out 2016 - 18h09

Poderia ser melhor…

O Atlético acabou derrotado pelo Santos por 2 a 0, na Vila Belmiro, na tarde deste sábado (01), pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Furacão até começou bem na partida e dava mostras de que poderia surpreender o Santos fora de casa, mas tomou dois gols em lances pontuais e não conseguiu se reencontrar na partida. Os gols do jogo foram marcados por Ricardo Oliveira, aos 30 minutos da primeira etapa e por Paulinho, aos 37 minutos da segunda etapa. Com o resultado, o Atlético fica com 42 pontos e na sexta colocação na tabela. O próximo compromisso pelo Brasileiro é na quarta-feira (05), contra a Chapecoense, na Arena da Baixada.

O Santos começou o jogo tentando pressionar, mas não conseguiu êxito, já que a marcação do Atlético tomou conta do jogo. O Furacão, por sua vez, aproveitava os contra-ataques para levar perigo aos mandantes e quase abriu o placar desta forma. Aos 14 minutos, Otávio recebeu no meio, aproveitou o espaço na defesa santista e arriscou um chute de meia distância, com efeito, que obrigou Vanderlei a espalmar para cima do gol. O jogo parecia estar sob controle do Atlético, que dominava a marcação no meio de campo, mas os 28 minutos um lance mudou a história da partida. Vecchio recebeu de Lucas Lima na esquerda, cortou para o meio e, dentro da área, foi derrubado do Weverton. Os jogadores atleticanos chegaram a reclamar, já que o jogador teria supostamente forçado a jogada, mas não adiantou. Ricardo Oliveira cobrou no canto oposto ao de Weverton e abriu o marcador. O resto da primeira etapa seguiu sem grandes chances para nenhum dos lados.

Na segunda etapa o Rubro-negro chegou assustando, aos três minutos, quando Hernani cobrou falta no meio de campo e acertou o travessão de Vanderlei. No entanto, o ímpeto do Furacão parou por aí e o jogo voltou a ficar travado no meio de campo. Aos 24 minutos, Lucho quase marcou, quando recebeu de Hernani dentro da área, para boa defesa de Vanderlei, mas o árbitro já havia marcado o impedimento. Em um momento que o jogo dava mostrar que não proporcionaria maiores emoções, o Santos chegou ao seu segundo gol. Aos 37 minutos, Renato escapou pela esquerda e cruzou para dentro da área. Paulinho cabeceou e acertou o canto esquerdo de Weverton. Com dois gols de desvantagem, o Furacão não teve maiores forças para reverter ou descontar o marcador.

DESTAQUE NEGATIVO: Falta de atenção da equipe, que poderia ter saído com um resultado melhor se não tivesse tomado gols em lances pontuais.

OS GOLS

Santos – 30’1º – Ricardo Oliveira – Vecchio invadiu a área e foi derrubado por Weverton. O árbitro marcou pênalti e Ricardo Oliveira converteu, chutando no lado direito do goleiro atleticano.
Santos – 37’2º – Paulinho – O atacante recebeu de Renato dentro da área e acertou uma bela cabeçada no canto esquerdo de Weverton.

PRÓXIMOS JOGOS: Chapecoense (casa), Grêmio (fora) e Coritiba (casa).

%ficha=1210%



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Insanidade

Louva-se o posicionamento do CAP em relação à atitude insana, egoísta e manipuladora do Flamengo, que chegou ao ponto de utilizar-se da peste alcançar seus…

Camisa preta edição especial.

Opinião

Viva a revolução!

Eu sou corneta. Confesso! Se o time vai mal, sou o primeiro a reclamar. Se o time vai bem, tem que melhorar. Se ganhou de…

Notícias

A evolução do Athletico

É inegável a evolução do rubro-negro. Desde a mudança no comando técnico, o Furacão vem evoluindo a cada jogo. Atualmente acumula quatro vitórias consecutivas. Além…