6 out 2016 - 15h03

Paulo Baier e Atlético chegam a acordo

Chegou ao fim o processo que Paulo Baier movia contra o Atlético. O ex-jogador, aposentado na metade desse ano, entrou em comum acordo com o clube que defendeu entre 2009 e 2013 e não pedirá mais os R$ 600 mil como indenização e também integração ao salário dos direitos de imagem e de arena em razão do não cumprimento da renovação de contrato.

Na ocasião, Mário Celso Petraglia anunciou em entrevista à Rádio CAP a renovação do contrato do meia até o fim de 2014, segundo ele devido aos pedidos da torcida para que Baier permanecesse no Furacão. No entanto, o acordo era somente verbal, e em dezembro de 2013 o Atlético voltou atrás, liberando o jogador para que procurasse outro clube. “Foi feito um acordo, ficou bom para ambas as partes. Para mim ficou bom, não queria ficar com uma pendência com um clube que joguei por tanto tempo”, afirmou o agora ex-jogador ao jornal Gazeta do Povo.

Paulo Baier, inclusive, ainda acredita que um dia voltará ao Rubro-Negro, dessa vez como treinador, cargo que em breve deve começar a exercer. “Está nos planos, sim (voltar a trabalhar no Furacão). Muitos torcedores me ligam e falam para um dia voltar”, disse o ex-camisa 10 do Atlético à Gazeta.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Furacão na berlinda

Falta comando e cobrança no futebol, o time é preguiçoso e descomprometido. Também falta planejamento, ficam os três primeiros meses sem jogar e consequentemente chegam…