28 out 2016 - 14h10

Ainda dá?

Depois de perder para o América Mineiro por 1 a 0, o Atlético saiu de G6 e agora precisa de muito para se recuperar e lutar pela vaga na Libertadores. Segundo o Infobola, a chance de terminar o campeonato na zona de classificação é de 18,4% e de se classificar para a Libertadores é de 30%.

O Corinthians superou o Furacão e agora ocupa a sexta posição, com 49 pontos. Apesar de ter só um ponto a menos, o Atlético tem o Grêmio na cola e precisa torcer pelo tropeço dos adversários. Faltando apenas seis jogos para o fim do campeonato, o Rubro-Negro deve ganhar todos os jogos em casa e precisa desesperadamente vencer fora. Além disso, o Corinthians precisa perder e o Grêmio não pode ultrapassar nos pontos.

As chances agora se reduziram e se o Atlético não se encontrar fora de casa, pode dar adeus ao seu objetivo. Os jogos serão mais competitivos e qualquer erro pode tirar a vaga. Ficou mais difícil, mas ainda há uma pequena chance e, como diz o ditado, o futebol é uma caixinha de surpresas.

Segundo o volante Otávio, a equipe está tentando corrigir os problemas e se preparando contra o Cruzeiro. “Vamos acreditar até o último jogo. A classificação está em nossas mãos. Teremos confrontos diretos e temos todas as condições de estar na Libertadores do ano que vem”, analisa. Ele ainda disse que com o apoio da torcida, a equipe tem tudo para fazer grandes jogos e espera ver o estádio cheio e comenta que a postura do time deve ser mais ofensiva. “A nossa postura tem que ser aquela que temos sempre em casa, pressionando o adversário e impondo nosso ritmo. Como mandante, temos a obrigação de fazer um grande jogo. Com muita força ofensiva e defendendo bem, podemos vencer e continuar em busca do nosso objetivo”, conclui.

Os jogos que o Atlético pega o Cruzeiro e depois enfrenta o Vitória, Fluminense, Sport, Corinthians e Flamengo.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Insanidade

Louva-se o posicionamento do CAP em relação à atitude insana, egoísta e manipuladora do Flamengo, que chegou ao ponto de utilizar-se da peste alcançar seus…

Camisa preta edição especial.

Opinião

Viva a revolução!

Eu sou corneta. Confesso! Se o time vai mal, sou o primeiro a reclamar. Se o time vai bem, tem que melhorar. Se ganhou de…