29 out 2016 - 18h34

De volta ao G6!

Pelo placar mínimo de 1 a 0, o Atlético venceu o Cruzeiro na tarde deste sábado (29), na Arena da Baixada. Sem uma atuação brilhante, o time do Atlético venceu com um gol contra, marcado justamente pelo ex-atleticano Manoel, aos 13 minutos do primeiro tempo. Agora, o Furacão soma 51 pontos e fica na sexta posição, dentro do G6. O Corinthians, que tinha um ponto a mais que o Furacão, acabou empatando com a Chaopecoense, em casa e agora fica na sétima posição, com 50 pontos. O próximo compromisso é contra o Vitória, no domingo (06), às 17h00, no Barradão.

O Atlético dominou a maior parte da primeira etapa. O Rubro-negro começou pressionando o Cruzeiro e, logo aos seis minutos, André Lima quase marcou. O atacante cabeceou, dentro da área, após receber cruzamento de Nicolas, mas Rafael se esticou para fazer a defesa. Aos 13 minutos, em novo levantamento na área, o Atlético abriu o placar. Nicolas cobrou escanteio pela esquerda e Pablo, na primeira trave, cabeceou para o gol. A bola se direcionava para a linha de fundo, mas esbarrou no ex-atleticano Manoel e entrou no gol. Após sair na frente, o Atlético continuou dono da posse de bola, mas deixou de pressionar o Cruzeiro com tanta força. Já a raposa, conseguiu sua única chance no primeiro tempo aos 37 minutos, quando Arrascaeta recebeu de William e, dentro da área, chutou forte de esquerda. A bola passou à direita de Weverton, sem que o goleiro precisasse defender e foi só.

O cenário do primeiro tempo se alterou na segunda etapa e o Cruzeiro começou a ganhar espaço. Aos 13 minutos, William escapou pela esquerda e chutou forte de canhota, na entrada da área, para Weverton fazer a defesa. Aos 17 minutos, Nikão quase ampliou para o Furacão, em um chute de fora da área que quase surpreendeu Rafael, que conseguiu defender. Aos 23 minutos, Bruno Rodrigues recebeu de Alisson, dentro da pequena área, mas conseguiu chutar para fora e perder o empate da raposa. Já para o fim do jogo, Alisson invadiu a área atleticana e chutou com força, mas Werventon fez a defesa novamente. Já o Atlético teve sua chance de ampliar aos 44 minutos, quando Hernani invadiu a área pela esquerda e chutou uma bomba, mas Rafael defendeu. Assim, com os dois goleiros participando bastante e as equipes criando chances de gol, o jogo terminou de maneira frenética e o Atlético conseguiu garantir mais uma vitória dentro de casa.

O GOL

Atlético – 13’1º – Manoel (contra) – O jogador cabeceou após cobrança de escanteio, para fora. No entanto, a bola esbarrou no zagueiro Manoel e entrou no gol.

PRÓXIMOS JOGOS: Vitória (fora), Fluminense (fora) e Sport (casa).

%ficha=1215%



Últimas Notícias

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…