6 nov 2016 - 18h53

Pareceu que ia dar certo, só que ficou no quase…

As coisas pareciam que finalmente iriam dar certo para o Atlético fora de casa, mas não foi assim. Depois de ficar na frente no placar, o Furacão levou uma virada do Vitória e perdeu por 3 a 2, com show do atacante Marinho, do time baiano. Os gols do Atlético ficaram por conta de Pablo, que marcou duas vezes, aos 29 minutos e aos 42 minutos do primeiro tempo. Já o Vitória marcou com Marinho, aos quatro minutos do primeiro tempo e novamente aos 36 do segundo tempo, e com Deivid, aos 23 minutos da segunda etapa. Com o resultado, o Atlético fica com 51 pontos na tabela, mas ainda dentro do G6. O próximo jogo é contra o Fluminense, no Maracanã, terça-feira (15), às 17h00.

Nos primeiros lances do jogo, o Atlético dava mostras de que iria finalmente marcar gols fora de casa, o que não acontecia nas últimas oito oportunidades. Aos dois minutos, Nikão enfiou bola na direita para Lucas Fernandes, mas a defesa desarmou. Depois, o Furacão chegou de novo, da mesma forma, só que parou de na zaga do Vitória, que desarmou para linha de fundo. No escanteio, a sorte do Furacão mudou. Lucas Fernandes cobrou curto para Nicolas, que cruzou, mas a defesa dos baianos fez o corte e logo em seguida Diego Renan armou um contra-ataque fulminante. O lateral lançou Marinho, na esquerda do ataque, que fez jogada individual e invadiu a área do Atlético. Marcão chegou primeiro, mas rebateu para o meio, rasteiro e Marinho novamente ficou com a bola, tocando na saída de Weverton e marcando.

Mesmo atrás no placar, o Furacão manteve o ímpeto inicial e, aos 29 minutos, empatou. Lucho lançou Lucas Fernandes na esquerda, o jogador carregou a bola e tocou para o meio da área, onde Pablo, bem posicionado, só teve o trabalho de tocar para o fundo das redes. Aos 42 minutos, um erro dos baianos levou o Atlético à virada. Euller recebeu, mas não viu Lucho a sua frente e foi desarmado pelo argentino, na entrada da área do Vitória. O meio-campista logo tocou para Pablo que, com categoria, deslocou a bola de Fernando Miguel e marcou seu segundo gol na partida.

Na segunda etapa o cenário mudou e o Furacão tirou completamente o pé do acelerador. A equipe não atacou mais e viu o Vitória tomar conta da partida, principalmente com jogadas de Marinho, pela direita. Aos 23 minutos, o próprio Marinho recebeu nos setor, invadiu a área do Furacão e tocou para David completar para o gol. Aos 36 minutos, Marinho fez um golaço. Da mesma forma do gol anterior, o jogador escapou pela direita, mas cortou para o meio e driblou toda a defesa do Atlético até tocar na saída de Weverton e virar o placar.

OS GOLS

Vitória – 04’1º – Marinho – O jogador fez jogada individual, mas perdeu para Marcão. O jogador atleticano, no entanto, cortou para o meio da área e o atacante recuperou a bola, para tocar na saída de Weverton.
Atlético – 29’1º – Pablo – O atacante só teve o trabalho de empurrar para o fundo do gol, depois de boa jogada de Lucas Fernandes, que percorreu a esquerda do ataque até invadir a área e tocar para o meio,
Atlético – 42’1º – Pablo – Lucho roubou bola de Euller, na defesa do Vitória, e tocou para Pablo, que, com categoria, tirou o goleiro de jogada.
Vitória – 23’2º – David – O jogador recebeu dentro da área após jogada individual do Marinho e completou para o gol.
Vitória – 36’2º – Marinho – Depois de contra-ataque, Marinho recebeu com liberdade e driblou dois marcadores antes de tocar na saída de Weverton e marcar um golaço.

PRÓXIMOS JOGOS: Fluminense (fora), Sport (casa) e Corinthians (fora).

%ficha=1216%



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Time voando baixo

Foi um “Passeio”, o time comandado por Eduardo Barros, deu aula… Os meninos Christian e Erick, comando meio de campo, Wellington o “maestro” regendo a…

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…