8 fev 2017 - 23h54

Salve, Weverton!

Depois de vencer a primeira partida contra o Millonarios por 1 a 0, na Baixada, o Atlético foi a Bogotá para encarar os colombianos em seus domínios com a vantagem de jogar por um empate para garantir a classificação para a terceira fase da Libertadores. Mas o adversário soube fazer prevalecer o seu futebol dentro de casa, pressionou o jogo todo e conseguiu devolver o placar, levando a decisão para os pênaltis. No fim, brilhou mais uma vez a estrela e Weverton que, além de fazer diversas defesas importantes durante a partida, defendeu uma penalidade e ajudou a garantir a classificação, carimbada com uma cobrança precisa de Felipe Gedoz para fechar a série em 4 a 2 para o Furacão.

SUFOCO DO INÍCIO AO FIM

No início do jogo, o time de Paulo Autuori pareceu não sentir os efeitos da altitude e, com uma postura até mais incisiva que na primeira partida, foi para cima do Millonarios, levando perigo à meta de Vikonis logo aos dois minutos, quando Pablo cabeceou após cruzamento de Nikão. Mas o ímpeto rubro-negro foi diminuindo e, a partir da metade da primeira etapa, os donos da casa passaram a pressionar o Furacão, que precisou contar com milagres de Weverton para segurar o placar antes de descer para o vestiário.

O Atlético deu a impressão de ter recuperado o fôlego no intervalo. No primeiro minuto, Carlos Alberto dominou a bola na intermediária e arriscou o chute, tirando o “uuuhhhh” da galera rubro-negra. Porém o Millonarios, precisando reverter a vantagem atleticana, também se lançou ao ataque e mais uma vez o goleiro do Atlético precisou mostrar por que também é da Seleção ao fazer outra grande defesa. Pouco depois, Deiver Machado bateu firme de fora da área e levou muito perigo contra a meta de Weverton. Só que aos 13’ não teve jeito. John Duque fez boa jogada individual pela direita, entortou Sidcley dentro da área e bateu colocado por cima do arqueiro rubro-negro, que nada pode fazer para evitar o gol. Em vantagem no placar, o Millonarios manteve a pressão e o Atlético ficou acuado, sem conseguir reagir, contando com as boas defesas de Weverton e a atuação segura de Paulo André e Wanderson para segurar o resultado e levar a decisão para os pênaltis.

MAS QUEM RI POR ÚLTIMO… RI MELHOR!

Nas penalidades, a redenção. Com cobranças precisas, uma defesa de Weverton e uma bola na trave dos Millos, o Furacão garantiu a vaga para a próxima fase da Libertadores. O Rubro-Negro agora aguarda o vencedor do confronto entre Universitario (PER) e Deportivo Capiatá (PAR), que se enfrentam amanhã. No jogo de ida, os peruanos venceram os paraguaios por 3 a 1, fora de casa.

É SELEÇÃO! Mais uma vez, Weverton provou que é um dos melhores goleiros em atuação no futebol brasileiro e mostrou por que vem ganhando espaço na Seleção. O arqueiro rubro-negro fez defesas importantes e, de quebra, defendeu uma penalidade máxima para ajudar o Atlético a garantir a classificação.

EM COMPENSAÇÃO… O time do Atlético até começou bem, mas ao longo da partida se acovardou e praticamente assistiu o Millonarios jogar, correndo risco de ser eliminado no tempo regulamentar pela apatia. Não fosse o Weverton…

O GOL
1×0 – 13’/2º: John Duque – Depois de ótima jogada individual pela direita, o jogador do Millonarios invadiu a área rubro-negra e “entortou” Sidcley, que ficou caído no gramado enquanto Duque batia colocado para matar Weverton e fazer o gol da vitória, que levou a decisão para os pênaltis.


PRÓXIMOS JOGOS: Prudentópolis (fora), Deportivo Capiatá (casa), Coritiba (casa), Deportivo Capiatá (fora).

%ficha=1224%



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Insanidade

Louva-se o posicionamento do CAP em relação à atitude insana, egoísta e manipuladora do Flamengo, que chegou ao ponto de utilizar-se da peste alcançar seus…

Camisa preta edição especial.

Opinião

Viva a revolução!

Eu sou corneta. Confesso! Se o time vai mal, sou o primeiro a reclamar. Se o time vai bem, tem que melhorar. Se ganhou de…

Notícias

A evolução do Athletico

É inegável a evolução do rubro-negro. Desde a mudança no comando técnico, o Furacão vem evoluindo a cada jogo. Atualmente acumula quatro vitórias consecutivas. Além…