15 fev 2017 - 23h39

Complicou…

O Atlético recebeu o Deportivo Capiatá nesta quarta (15) com a missão de fazer um bom resultado em casa para encaminhar a vaga para a fase de grupos da Libertadores. Mas depois de estar à frente no placar por duas vezes e mesmo com um jogador a mais em campo, o Rubro-Negro cedeu o empate nos minutos finais e acabou amargando um 3 a 3 na Arena da Baixada.

Com o resultado, time de Paulo Autuori tem uma árdua missão pela frente na próxima semana. Para avançar à fase de grupos, o Furacão precisa vencer o Capiatá em seus domínios, ou empatar em 4 ou mais gols.

Jogo movimentado e com duas viradas

A partida foi movimentada desde os primeiros minutos. Com velocidade e apostando nas bolas paradas, ambas as equipes proporcionaram um jogo digno de Libertadores. O Furacão foi o primeiro a abrir o placar, aos 19 minutos, com Gedoz de falta. Após Grafite sofrer falta sem bola na entrada da área, o camisa 10 foi para a cobrança e bateu com perfeição no canto esquerdo, 1 a 0. Mas não demorou muito e o time paraguaio empatou. Aos 44 minutos, Mendieta aproveitou falha de Sidcley e tocou para Noguera empatar o jogo, 1 a 1.

No segundo tempo, veio a primeira virada. Logo aos sete minutos, após cobrança de falta, Néstor González marcou, 2 a 1. Apesar do gol, o Furacão manteve a organização e chegou ao empate de pênalti. Gedoz arriscou de fora e a bola bateu nas mãos do zagueiro paraguaio. O mesmo Gedoz cobrou e deixou tudo igual novamente.

Depois do gol, o Deportivo Capiatá teve o zagueiro Jorge Paredes expulso, após uma falta em Grafite. Com o apoio da torcida, o Furacão chegou à virada. Após toque de cabeça de Paulo André, Pablo completou para as redes, 3 a 2. Embalado, o time até tentou marcar mais um, mas viu o adversário igualar o marcador nos minutos finais de jogo. Depois de escanteio, Néstor González desviou de cabeça no primeiro pau e deu números finais à partida, 3 a 3.

GE10: O camisa 10 do Furacão, Felipe Gedoz, marcou os dois primeiros gols do Atlético, ambos de bolas paradas. Gedoz também ajudou o time na marcação, mas não conseguiu evitar o empate.

Sidcley e Grafite Os dois jogadores não foram bem no jogo. O lateral-esquerdo falhou em dois gols do adversário. Já o atacante teve, pelo menos, duas boas chances de balançar as redes e chutou para fora, além de errar vários passes.

OS GOLS
1×0 – 20’/1º: Gedoz – O camisa 10 bateu falta com perfeição e abriu o placar para o Furacão.
1×1 – 43’/2º: Noguera – O atacante aproveitou passe da esquerda e empatou o jogo.
1×2 – 7’/2º: Néstor González – Na volta do segundo tempo, o paraguaio aproveitou uma cobrança de falta e virou o jogo.
2×2 – 13’/2º: Gedoz – O meia cobrou pênalti e igualou novamente o placar.
3×2 – 40’/2º: Pablo – O atacante aproveitou passe de Paulo André e completou para o gol.
1×2 – 43’/2º: Néstor González – Balde de água fria! Após cobrança de escanteio, González desviou no primeiro pau e deixou tudo igual.

PRÓXIMOS JOGOS: Coritiba (casa), Deportivo Capiatá (fora).

%ficha=1226%



Últimas Notícias

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…