20 fev 2017 - 17h24

Adeus, gramado artificial?

A CBF comunicou que os jogos oficiais por ela organizados não poderão ser disputados em campos com gramados artificiais. A decisão passa a valer a partir de 2018.

O Atlético é o principal atingido pela decisão da entidade, já que é o único clube das principais divisões do Campeonato Brasileiro que conta com a tecnologia – que, vale lembrar, é credenciada pela FIFA.

A decisão da CBF se baseia em um suposto "desnível técnico" causado pelo gramado. Ou seja, o Atlético levaria vantagem em relação aos concorrentes. A proposta da vedação veio do Vasco da Gama.

Como a decisão só vale a partir de 2018, ainda não se sabe qual medida o Furacão tomará. Até esta data, é possível que a CBF reveja o ato ou que o Atlético decida ir à Justiça comum para resguardar seus direitos.



Últimas Notícias

Opinião

A iminência

Já se sentiram na iminência de algo que poderia mudar suas vidas para sempre? Eu senti, recentemente, de uma maneira assustadora. Viagem de carro numa…

Fala, Atleticano

Generosidade?

Uma busca rápida no mais simples dicionário permite apurar que o conceito de “generosidade” remete à ideia de gentileza; de adoção de uma prática nobre…