15 mar 2017 - 21h34

Furacão se recupera e ganha dos argentinos fora de casa!

Foi sofrido, mas o Atlético saiu do Nuevo Gasómetro com uma vitória na bagagem de 1 a 0 sobre o San Lorenço. O gol da partida foi marcado por Lucho González, aos três minutos da primeira etapa. No jogo, válido pela segunda rodada do grupo 4 da Libertadores, o Rubro-negro desperdiçou inúmeras chances de gol, sofreu pressão dos argentinos mas conseguiu sua primeira vitória na competição dentro da capital argentina. Agora o clube tem quatro pontos no Grupo 4 do torneio. O próximo compromisso do Furacão é contra o Cascavel, no próximo sábado, na Arena da Baixada, as 16h00.

O Atlético começou o jogo tocando a bola melhor do que os mandantes e o resultado foi um gol logo aos três minutos da primeira etapa. Sidcley recebeu na esquerda, encontrou espaço para cruzar bem no meio da área. Lucho González apareceu livre e cabeceou bem no canto esquerdo, sem chance de defesa para o goleiro. Depois disso, os argentinos se lançaram ao ataque, com volume de jogo, mas sem criar chances iminentes de gol. Já o Furacão, desperdiçava as chances que apareciam de ampliar. A primeira foi com aos 28 minutos. Jonathan desceu livre pela direita e tocou para Nikão, na entrada da área. Canhoto, o meia do Atlético chutou de perna direita e a bola saiu pela linha de fundo, sem levar muito perigo ao goleiro. Depois, aos 39 minutos, Pablo escorou lançamento longo para Lucho, dentro da área. O argentino limpou o zagueiro que estava na marcação e, de frente para o goleiro, chutou alto para fora.

O Furacão iniciou a segunda etapa com posse de bola e boas saídas ao ataque, até os nove minutos. Otávio percorreu o meio de campo e soltou uma bomba de meia distância, mas o goleiro espalmou para escanteio. Depois disso, o domínio foi todo dos argentinos e Weverton teve de ser acionado diversas vezes. Aos 23 minutos, o goleiro defendeu chute a queima roupa de Ortigoza. Aos 30 minutos, o San Lorenzo teve um pênalti a seu favor, depois de choque de Sidcley com Blandi dentro da área. O atacante argentino fez a cobrança para fora, ao lado esquerdo de Weverton. Depois do pênalti perdido, a pressão continuou, principalmente pelo lado esquerdo, defendido por Sidcley. Begessio quase abriu o placar aos 40 minutos e aos 43 minutos, mas Weverton interviu novamente. Já aos 45 minutos, o Atlético teve uma rara chance na segunda etapa e Lucho, na cara do gol, pela esquerda, chutou por cima do gol novamente. Restou ao Atlético se segurar e aguardar o apito final da partida.

DESTAQUE POSITIVO: Lucho González. Se até o fim do ano passado o argentino era pouco presente em campo, nesta Libertadores ele tem ocupado bem os espaços e aparecido com perigo no ataque.

OS GOLS
Atlético – 03’/1º: Lucho González – Nos primeiros minutos de jogo, Sidcley cruzou pela esquerda e o meio-campista subiu livre no meio da área para cabecear no canto esquerdo do goleiro.

PRÓXIMOS JOGOS: Cascavel (casa), JMalucelli (fora) e Cianorte (casa).

%ficha=1233%



Últimas Notícias

Opinião

Um Athletico! Uma vida!

E lá se vão 49 anos. Isso aí, 49! Ano do Furacão! E como vivi esse Athetico! E como estou vivendo, feliz e não menos…