9 abr 2017 - 21h03

Bruno Pivetti exalta vitória, mas lamenta desfalques

O auxiliar técnico do Atlético Bruno Pivetti comentou a classificação do Atlético para as semifinais do Campeonato Paranaense após o clube segurar um empate na Vila Capanema sem gols e conquistar 1 a 0 no placar agregado. O auxiliar não deixou de elogiar o Paraná Clube, tratado como sensação do torneio até então, mas já projetou os próximos jogos da Copa Libertadores.

"Foi uma classificação com méritos, diante de um adversário muito difícil. Disputamos eliminatórias complicadíssimas, com pouco tempo de trabalho. A cada desafio, cada êxito que conquistamos, com certeza a força é maior”, disse o treinador.

Econômico nas palavras e sóbrio em seu discurso, Pivetti não comentou muito sobre a próxima fase do torneio, já que nem um adversário definido o Furacão tem. O auxiliar preferiu comentar sobre o próximo jogo da Libertadores, contra o Flamengo e a lesão de Lucho González, destaque do clube na competição.

"É uma competição que priorizamos e teremos um confronto duríssimo na quarta-feira, contra o Flamengo. Entre todos os desfalques (Otávio e Jonathan), o Lucho acaba preocupando. Passou por reavaliação. Mas temos que esperar amanhã, para ver se temos ou não lesão" disse Pivetti.

O próximo compromisso do Atlético é quarta-feira, contra o Flamengo, no Maracanã, pela Libertadores. O time deve voltar a campo no estadual no próximo final de semana, enfrentando Londrina ou Rio Branco, caso uma decisão no “tapetão” não venha a interferir na rodada.



Últimas Notícias

Libertadores

É bom rever você, Walter!

Foram necessários apenas oito minutos em campo contra o Jorge Wilstermann e um único chute a gol para uma história ser coroada com choro, abraços…