27 abr 2017 - 1h31

Autuori: "O patinho feio conseguir fazer coisas grandes"

Depois do resultado positivo contra o Flamengo nesta quarta-feira (26) à noite, o técnico Paulo Autuori comentou a vitória atleticana em entrevista após o jogo. Para o treinador, o resultado foi fruto da luta, do trabalho e por acreditar. Além disso, elogiou os jogadores e a atmosfera criada pela torcida.

Sobre o jogo, o comandante elogiou bastante a equipe do Flamengo e salientou que vencer uma equipe tecnicamente boa torna a vitória ainda mais importante. "Bom jogo, tecnicamente uma equipe muito forte a do Flamengo. Acho que foi bom, estamos satisfeitos. Acho a equipe do Flamengo muito técnica, com muita qualidade, e isso valoriza muito mais a vitória do Clube Atletico Paranaense", elogiou.

Já sobre o grupo em que o Atlético está ser considerado o "Grupo da Morte" da Libertadores, Autuori aproveitou para deixar o recado sobre a participação rubro-negra na competição contra esses adversários. "Aquele que é considerado o “patinho feio” do grupo conseguir fazer coisas grandes e enfrentando adversários dificílimos, com muita qualidade como foi hoje. A princípio nós não estaríamos prontos para a Libertadores porque não atingimos o quarto lugar, não conseguimos estar junto com o outro clube, porque caiu no colo de nós. E a equipe com todas as dificuldades, especialmente na disputa das eliminatórias, que foi muito cedo, com 13 dias de trabalho já estávamos disputando", comentou. Além disso, sobre a liderança, o técnico não quis comentar e disse que o foco agora é o jogo de domingo contra o Coritiba.

Para as próximas partidas, o treinador deixou claro que o time precisa ser mais competitivo e não jogar só no contra-ataque. "Não gosto disso. Esse não é nosso jeito de jogar. Acho que a equipe tem que crescer um pouco mais nisso, nessa situação. Deveríamos ter controlado o jogo como no primeiro tempo e como controlamos o jogo no Maracanã, já no primeiro tempo e no segundo tempo praticamente todo. Acho que a equipe está ganhando corpo, maturidade competitiva e isso é bom, temos que parabenizar os jogadores pela maneira que se entregaram ao jogo", complementou.

Adiantando a estratégia para a disputa da final contra o Coritiba no domingo, Autuori confirmou que irá usar um time misto. "A base da equipe vai ser a mesma, vou fazer alguma mudanças pontuais no objetivo de refrescar um pouco os setores defensivo, de meio campo e de ataque. Isso iremos fazer, necessitamos porque quarta-feira já teremos outro jogo difícil", disse.

Por fim, comentando sobre o elenco, a chegada de novos reforços para o time também foi evidenciada pelo técnico. Para Autuori, o Atlético está investindo no grupo trazendo jogadores de alto nível como Eduardo Henrique e Guilherme. Além disso, disse que a presença de novos jogadores aumenta a competitividade da equipe, já que poderá surgir competições internas pelas posições. E sobre o apelido de ‘General’ dado a Thiago Heleno, o treinador brincou e afirmou: "Pode chamar de tudo, desde que ele continue jogando do jeito que tá".



Últimas Notícias

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…