2 maio 2017 - 20h19

Lesões marcam início do ano no Atlético

Mesmo mesclando o time titular com o alternativo no Campeonato Paranaense, o Atlético tem enfrentado um grande problema com lesões já nesse início de temporada. Dos titulares, apenas Weverton, Paulo André, Sidcley e Lucho escaparam nos primeiros meses.

Neste momento, Jonathan e Carlos Alberto continuam no departamento médico. O lateral-direito está fora de campo desde 16 de abril com uma lesão na coxa, enquanto o meia se recupera de uma lesão no tornozelo desde março. Mas antes dele também já ficaram um tempo no DM: Thiago Heleno, Otávio, Gedoz, Pablo e Grafite. Todos desfalcaram pelo menos uma vez o time.

Segundo o técnico Paulo Autuori, o excesso de jogos decisivos tem desgastado fisicamente a equipe e é o principal culpado pelas lesões. Desde o começo do ano, o Furacão já teve que disputar a pré-Libertadores, enfrentando o Millonarios no dia 1° de fevereiro, com menos de três semanas da pré-temporada e a maratona de partidas só tende a aumentar.

A partir de maio o Rubro-Negro entra em mais duas competições: Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro. Enfrentando o San Lorenzo na quarta-feira (3) pela Libertadores, o Atlético ainda terá o segundo jogo da final do Paranaense no domingo e já tem o Santa Cruz pela CB e o Bahia no Brasileirão.

"Volume de jogos é tão intenso que parece que já estamos no meio e no final da temporada. Aí entram análises definitivas. Estamos no início e o Paranaense disputado da maneira que foi disputado. É muito complicado você estar envolvido em muitas competições tão cedo. Já temos as coisas planejadas em termos de viagem, teremos que passar mais de 10 dias fora, viajando, em três competições diferentes. Já está pensado e projetado. Não é saudável, mas temos que ir nesse sentido", disse o treinador. Apesar do ritmo intenso, Autuori ainda afirmou que não lamenta porque confia no grupo e acredita que o coletivo pode render. "Pensar que nós, acima de tudo, sejamos leais aos conceitos de jogo que nós trabalhamos e que nos trouxeram até aqui", finalizou.

Confira o resumo do DM feito pelo Globo Esporte:

Jonathan: não joga desde a vitória por 2 a 1 sobre o Londrina, pela semifinal, no dia 16 de abril, por lesão no músculo na coxa direita;

Carlos Alberto: está fora desde o 2 a 2 com a Católica, pela primeira rodada da Libertadores, no dia 7 de março, por lesão no tornozelo;

Pablo: não joga desde o empate por 1 a 1 com JMalucelli, pela nona rodada do estadual, no dia 22 de março, por lesão no pé;

Otávio: fora em três jogos (empate com o Paraná, derrota para o Flamengo e vitória sobre o Londrina) por lesão na coxa esquerda;

Grafite: desfalque nas três partidas contra o Paraná Clube (derrota por 1 a 0, vitória por 1 a 0 e empate sem gols) por lesão no tornozelo;

Thiago Heleno: fora da derrota por 3 a 0 para o Coritiba, pela decisão estadual; clube não deu detalhes sobre a situação do camisa 44;

Felipe Gedoz: desfalque na derrota por 2 a 1 para o Flamengo, pela Libertadores – ele estava suspenso, mas tratava de dores no joelho.



Últimas Notícias

Torcida

De painel em painel

O ano era 2005. Ainda não havia, na televisão, tantas transmissões de campeonatos de futebol de outros países como hoje. Embora os grandes portais de…