O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
26 maio 2017 - 11h22

Irmão mais novo

Virei Atleticano quando o Atlético tinha o ingresso mais barato no estadio dos outros.
Virei Atleticano, quando amigos diziam, vamos no estadio, eu pago a sua.
Virei Atleticano, quando tudo era meio arcaico, tudo montado na hora, como um circo de ciganos, e misturando tambores e bandeiras que lembravam filmes medievais e ao mesmo tempo piratas e vikings.
Eu era uma criança, ir no jogo do Atlético era tudo novo, mijar embaixo da arquibancada, ir de busao onde todos estavam feliz, comendo milhopam, com uma bebiba dentro de uma sacola, geladinho artesanal e o sorvete da maquina cheio de abelha.

Hoje, hoje isto acabou…

Não, não acabou, não… Quem quiser ter um filho torcedor do Parana Clube, é só ir em um jogo do Parana Clube, é o time pequeno contra o time grande, sempre o Parana é o pequeno, ninguém espera nada dele, os torcedores vão preparado para derrota, se ganhar, é festa…se perder, valeu o passeio…

Nos, Atleticanos eramos assim?
SIm Atleticano, eramos assim, ficavamos feliz e falavamos a quatro cantos que ficamos entre os 8 do Brasil.

Em 2001, contra o time q nem serie tem mais, o São Caetano, vice campeão Brasileiro no ano anterior, não nós consideravamos tão pequeno, mas certeza nenhuma de que poderíamos ganhar. Se fosse hoje, entraríamos como gigante, com um baita salto alto contra o acanhado São Caetano, mesmo que fosse vice campeão brasileiro do ano anterior, e se não tivéssemos ganhando no primeiro tempo, iriamos vaiar o time no intervalo e perder a empolgação, não teríamos mais a torcida empolgante e talvez, perdêssemos.

Oque eu quero dizer, é para mim é dificil descrever, é que nosso passeio pela grandeza do futebol no passado recente, e atual Grandeza na InfraEstrutura futebolística atual, não faz mais termos motivo de comemorarmos ficarmos entre os 8 do Brasil, porque isto é pouco para nosso gigante Atlético Paranaense, e por isto, assistimos o filme chamado partida de futebol de forma bem diferente que se fosse uma final de Libertadores, que estaríamos empolgados e felizes por estarmos naquela condição.

Nossa grandeza ou mania de grandeza fez com oque não valorizássemos os jogos, os transformando sem valor, e tirando aquela festa que havia na torcida, em todos os jogos, oque também nós tornou, no passado, temível dentro de nosso limítrofes de deslocamento.

Acho que, talvez, para muitos, que não sabe qopue estou falando, era bom gastar 40R$, ir no jogo do mais novo, e ver a festa por estar na fase atual da Copa do Brasil, e tentar entender que a festa é consequência do time estar onde estar sem ninguém acreditar que o time daquele clube poderia estar lá, porque o Clube esta falido.

E para nós, Atleticanos de 198x, sabemos oque é isto e temos saudade, porque não vemos inserido mais neste contexto.

Alias, na ultima rodada da Libertadores sentimos isto, ninguém acreditava na classificação, se o jogo fosse na Arena da Baixada, estaria vazio vazio, devido a esta descrença na classificação e a festa seria de um pequeno grupo de esperançosos.

Porque deixamos de ser Atlético e a torcida do Parana lembra a nossa torcida há 25 anos atras?

Agora vocês sabem.



Últimas Notícias

Opinião

Guenta os Coxa

Foram, são e serão sempre os nossos rivais. Sim, temos que “guentar os coxas”. Hoje pode parecer fácil, mas não é. No rugby aprende-se muito…