3 jun 2017 - 19h15

Eduardo Baptista vê Atlético com tempos distintos

O técnico Eduardo Baptista viu o Atletiba com tempos distintos. Segundo o treinador, o Furacão teve um bom primeiro tempo, quando conseguiu aplicar os recursos treinados durante a semana. Porém, na etapa final, o time deixou o Coritiba equilibrar o jogo e vencer com um gol de bola parada de Márcio.

"No primeiro tempo, criamos situações, rodamos a bola, tivemos a posse, tudo que a gente trabalhou. No segundo, o jogo se equilibrou e foi decidido em uma bola parada", analisou em entrevista coletiva.

"No futebol brasileiro se analisa apenas o resultado do jogo. Acredito que o Atlético foi o senhor do jogo no primeiro tempo. E, mesmo no segundo tempo, quando equilibrou as ações, o jogo foi definido em uma bola parada e, mesmo assim, o Atlético teve chances de empatar o jogo. É continuar com as convicções, trabalhando, seguindo, que a gente vai encontrar o caminho das vitórias", completou.

Baptista também explicou as mudanças no segundo tempo, que acabaram prejudicando o time. Ele tirou Nikão e Matheus Rossetto, ambos que estavam desequilibrando a partida em favor do Atlético. No lugar deles, o treinador atleticano colocou Douglas Coutinho e Felipe Gedoz, este que não atuava há algum tempo por conta de uma lesão, mas eles não conseguiram resolver. Além dessas substituições, Ederson entrou no lugar de Grafite, que saiu com gelo na coxa esquerda, ainda no intervalo.

"Entrou um atacante de velocidade pelo lado esquerdo. O Nikão já jogou o jogo passado, vinha desgastado, e eu queria um cara mais inteiro, com uma velocidade maior, para poder agredir a equipe do Coritiba e contrapor a entrada do Rildo ali. A do Rossetto é o sistema, coloquei um meia, aí o volante que eu resolvi tirar foi o Rossetto. Eu via o Lucho fazendo um bom jogo, ele tem uma chegada na área um pouco melhor e eu precisava, porque estávamos perdendo. Adiantei um homem a mais para dentro para a gente tentar empatar o jogo", explicou.

Após novo revés, agora o Furacão volta suas atenções para o Fluminense. O Rubro-Negro busca sua primeira vitória contra o time carioca na terça-feira (6), às 20h, no Maracanã, pela quinta rodada do Brasileirão.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Novo “Timoneiro”

Sim.. Estava na cara.. Eduardo Barros, apesar de muito promissor e ser Sim, um nome para treinar a equipe rubro negra.. Ainda estava “Cru” e…