28 jun 2017 - 21h22

Não podia ser pior

O Atlético levou uma goleada de 4 a 0 do Grêmio na noite desta quarta-feira em Porto Alegre e ficou em situação muito difícil na Copa do Brasil. Agora, o Rubro-Negro precisa vencer por uma diferença de cinco gols no jogo de volta, daqui a um mês, para se classificar para a semifinal da competição.

O Grêmio iniciou a partida com mais iniciativa. Nos 10 primeiros minutos, Geromel cabeceou uma bola rente à trave e Luan chutou de fora no cantinho, obrigando Weverton a fazer uma linda defesa.

O primeiro bom momento do Atlético foi aos 18 minutos, quando Douglas Coutinho pressionou Geromel, que recuou para Marcelo Grohe. O árbitro marcou dois lances dentro da área, a poucos metros da linha da pequena área. Mas a cobrança foi horrorosa: Pablo pisou na bola e Nikão chutou em cima da zaga.

O castigo veio rápido. Aos 22, Lucas Barrios mandou um petardo de fora da área e acertou o canto de Weverton, fazendo 1 a 0. O gol abalou o Rubro-Negro. O mesmo Barrios fez o segundo sete minutos mais tarde. Ele tabelou com Pedro Rocha, a bola tocou no calcanhar de Thiago Heleno e sobrou para Barrios estufar a rede.

Aos 32, o Grêmio fez o terceiro em uma cobrança de escanteio, Luan cobrou, Kannemann subiu e desviou de cabeça.

O Atlético só respondeu aos 45. Pablo driblou Geromel e tentou encobrir Marcelo Grohe, mas bateu fraco e parou no goleiro.

Grêmio diminui o ímpeto

Lucho González entrou no lugar de Rossetto no intervalo. O panorama não mudou muito. Aos 13, Barrios concluiu na pequena área e Weverton evitou o quarto gol.

Nikão passou a ser vaiado pela torcida do Grêmio depois de se envolver em uma disputa com Ramiro. Mesmo vaiado, chutou de longe e quase marcou. Mas o meia estava visivelmente nervoso. Só Eduardo Baptista não percebeu. Aos 18, Nikão fez falta em Cortez e foi expulso pelo segundo amarelo.

O Grêmio acertou a trave aos 25, em um chute de Ramiro. Aos 35, Douglas Coutinho teve uma chance na grande área, mas a bola explodiu na zaga.

O quarto gol saiu aos 41 minutos. Everton recebeu na área e bateu por cima de Weverton. Fim de papo. Segundo o repórter da SporTV, o técnico Renato Gaúcho teria declarado depois do gol: "Agora acabou".

%ficha=1259%



Últimas Notícias

Opinião

Aha, uhu, o Maraca é nosso!!!

Toda a pessoa que se diz apaixonada por futebol deve um dia conhecer o Estádio Jornalista Mário Filho, mais conhecido como Maracanã e ontem meu…

Notícias

Cadê a torcida?

As médias de público do Athletico vem diminuindo ano a ano desde a reinauguração da Baixada pós Copa do Mundo e de maneira mais forte depois…