9 jul 2017 - 13h13

Empate em Chapecó

O Atlético ficou no empate com a Chapecoense por 1 a 1, na manhã deste domingo (9), na Arena Condá. O Furacão saiu na frente com um gol logo ao um minuto de jogo com Sidcley. Lucas Marques empatou com um chute de fora da área ainda no primeiro tempo.

Com o resultado, o time permanece na parte inferior da tabela, é o 14°, agora com 15 pontos. A Chape vem na sequência, com os mesmos 15 pontos. Na próxima quarta-feira (12), às 21h45, o Atlético enfrenta o Cruzeiro, na Arena da Baixada.

Começo arrasador, mas empate ainda no primeiro tempo

O Furacão começou o jogo com personalidade para vencer. Logo no primeiro ataque, no minuto um, o time conseguiu abrir o placar. Após lançamento de Jonathan, Sidcley dominou, avançou na área, tirou do zagueiro e bateu colocado no canto esquerdo de Jandrei. Depois do gol, o time se fechou e recuou a marcação, dando mais espaços para Chape chegar ao ataque.

O time catarinense chegava com perigo em descidas pelas laterais, com Apodi e Reinaldo. Depois de tanto insistir, o empate veio aos 16 minutos. Após cobrança de escanteio, Lucas Marques aproveitou a sobra e fez um belo gol de fora da área. O empate deu mais forças à Chape que seguiu pressionando o Atlético. Seijas ainda acertou o travessão após triangulação do sistema de ataque. Apesar das oportunidades, o placar ficou empatado no primeiro tempo.

Na volta dos vestiários, o técnico Eduardo Baptista colocou Bruno Henrique no lugar de Rossetto. A mudança melhorou a marcação no meio-campo, mas o time ainda tinha dificuldades na criação. Apesar disso, foi o Furacão quem teve a melhor chance da etapa final. Coutinho recebeu lançamento, avançou à área em velocidade, mas, na hora de chutar, mandou em cima do goleiro Jandrei – lance parecido com aquele contra o Universidad Católica, no qual ele marcou.

Ederson ainda chegou a balançar as redes, após cruzamento de Sidcley, mas o bandeira marcou impedimento. Com as chances desperdiçadas, o Furacão só trouxe um ponto para casa de Chapecó.

Sidcley artilheiro: O lateral-esquerdo – meia de origem – está sendo o salvador do Furacão neste Brasileiro. Só dos pés dele saíram três gols, sendo 7 pontos conquistados (Vitórias sobre Atlético-MG e Atlético-GO, e, agora, o empate com a Chape).

Rossetto segue decepcionando: O jovem Matheus Rossetto segue em uma fase ruim. Há alguns jogos, o volante vem decepcionando na marcação e não consegue criar chances no sistema de ataque. Em consequência, segue sendo uma das primeiras mudanças do técnico Eduardo Baptista nos jogos.

OS GOLS:
0 x 1 – 1’/1º: Sidcley – Após lançamento de Jonathan, o lateral-esquerdo dominou, driblou e bateu no canto esquerdo de Jandrei.

1 x 1 – 16’/1º: Lucas Marques – O volante aproveitou a sobra, após cobrança de escanteio, e mandou um chute forte, sem chances para Weverton.

PRÓXIMOS JOGOS: Cruzeiro (casa) e Corinthians (fora).

%ficha=1262%



Últimas Notícias

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…