1 set 2017 - 17h35

No clima do Atletiba!

Já em clima de preparação para o clássico Atletiba, os jogadores têm falado aos poucos sobre o confronto durante os treinos. O Atlético está tendo duas semanas antes de enfrentar o Coritiba no dia 10 de setembro, às 11h, na Arena.

O momento do Furacão agora é outro, diferente do que vivia no começo do campeonato. Apesar do tropeço contra o Flamengo na última rodada, a confiança dos jogadores está alta e o objetivo muito claro: vencer, somar pontos e classificar para a Libertadores novamente. O atacante Éderson falou sobre o momento da equipe. “É bom fechar com uma vitória. É um novo momento no campeonato, estamos em uma nova situação. Temos que impor o nosso ritmo em casa e sair com a vitória, que vai ser muito importante para o restante do campeonato”, avaliou.

Um dos jogadores mais experientes da equipe, o zagueiro Paulo André também ressaltou a importância dos pontos nesse momento. “É um jogo fundamental para tentarmos voltar a retomar a pontuação, se aproximar do G-5. São duas semanas de trabalho, vamos com tudo. Contamos com a nossa torcida. Preparar bem e corrigir o que fizemos mal contra o Flamengo e aperfeiçoar o que fizemos razoavelmente bem”, disse. Ele ainda adiantou o pensamento dos jogadores na hora da equipe e na preparação. “É trabalhar bem durante a semana, se concentrar, criar um ambiente favorável, que, sem dúvida, as coisas ficam mais fáceis. O campeonato se ganha no dia a dia. É melhorar o desempenho, a nossa capacidade de jogar em cima do adversário nos 90 minutos, roubar a bola e estar compacto”, avaliou.

Já Sidcley e Fabrício entraram no clima do clássico e ressaltaram os ânimos que um jogo como esse dá tanto para equipe como para a torcida. “Sempre é bom ganhar clássico, chegar e fazer o que sabemos fazer de melhor dentro de casa”, disse o camisa 8. “Jogar um clássico é sentir aquela ansiedade boa antes de sair para o jogo. É ‘brigar’ por todas as jogadas e ficar concentrado em todos os detalhes, pois são neles que a equipe pode sair vencedora”, definiu Fabrício. “Clássico é importante e todos os jogadores gostam de jogar. O Atletiba sempre foi um dos maiores e estou bem focado para poder fazer um grande jogo, caso seja escolhido para ser titular”, enfatizou o lateral.

O zagueiro Wanderson também lembrou que a concentração e a força podem levar à vitória. "É trabalhar. Temos um clássico pela frente. É juntar as forças, aproveitar os 15 dias que temos para trabalhar e chegar forte no clássico para sair com os três pontos. É treinar forte, esquecer a derrota, chegar em casa, impor nosso ritmo de jogo e jogar intenso para sair com a vitória. O futebol é quando começa os 90 minutos. Quem entrar mais concentrado e forte vai vencer a partida", concluiu.



Últimas Notícias

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…