2 nov 2017 - 19h31

Com efeito suspensivo parcial, Nikão não enfrenta a Raposa

Ao que tudo indica, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) deve agir rapidamente para reduzir a pena absurda aplicada ao meia Nikão, pela expulsão já nos acréscimos do jogo contra o São Paulo, na 28ª rodada do Brasileirão. Esta semana, em primeiro julgamento, o atleta foi suspenso por cinco partidas – já cumpriu um jogo, contra o Vitória, e ficaria de fora contra Cruzeiro, Corinthians, Botafogo e Ponte Preta, voltando apenas na 36ª rodada, contra o Vasco. Mas atendendo ao pedido do clube, o STJD concedeu um efeito suspensivo parcial e Nikão desfalca o time inicialmente por apenas mais um jogo, contra o Cruzeiro, mas poderá voltar contra o Corinthians, dia 08 de novembro, na Arena da Baixada.

O lance da expulsão ocorreu já nos acréscimos na derrota por 2 a 1 para o São Paulo, quando Nikão acertou sem bola o atleta Maicosuel em lance descrito pelo árbitro Marcelo de Lima Henrique como "uso de força excessiva". Nikão foi denunciado no artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, com pena prevista de quatro a doze partidas.



Últimas Notícias

Torcida

Colecionadores da nossa paixão

Para alguns torcedores atleticanos, não basta apenas vestir a camisa por amor. É preciso guardar algumas, centenas delas num acervo particular, em coleções prá lá…

Torcida

As histórias por trás dos acervos

Cada colecionador é, de certa forma, guardião de um pedaço da história do clube. E cada coleção também acaba criando sua própria história. Nenhuma nasce,…