O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
3 jan 2018 - 12h07

Treinador com autonomia

Com o desligamento de Fabiano Soares do comando técnico do time, cogita-se a hipótese da contratação de Alberto Valentim para o cargo nesse início de temporada 2018, tendo em vista o seu rendimento a frente do Palmeiras no campeonato brasileiro.

Não se pode negar que o desempenho da equipe do Parque Antártica foi até surpreendente sob o comando de Alberto Valentim, especialmente se considerar tratar-se de um treinador estreante a frente de um grande clube da primeira divisão.

Todavia, mesmo com a boa campanha que resultou no vice campeonato, o Palmeiras optou por dispensá-lo para contratar outro mais experiente.

Mesmo porque, alguns equívocos foram cometidos ao longo do campeonato sob o seu comando, o que pode ter sido determinante para que o resultado alcançado não fosse ainda superior, entretanto, impossível simplesmente negar as qualidades demonstradas.

No caso do Atlético, Fabiano Soares chegou sob total descrédito e sob profunda insatisfação dos torcedores ao comando técnico do time, e, em poucas partidas o resgatou da zona de rebaixamento para uma breve passagem pelo G6, terminando o campeonato com a classificação para a Sul Americana.

Assim o início do trabalho de Fabiano Soares surpreendeu a todos e o referido treinador foi então acolhido pela torcida, na medida em que satisfeita com o futebol ofensivo que passou a apresentar, a equipe até empolgou em alguns jogos.

Porém, talvez em razão da seguida rotatividade de jogadores, o desempenho da equipe restou prejudicado, de forma que o Clube oscilou na tabela de classificação ao ponto de perder a possibilidade para disputar novamente a Copa Libertadores da América.

Assim, considerando os fatores expostos, a avaliação do trabalho realizado pelo comissão técnica que encerrou a campanha de 2017 não haverá de ser negativa, uma vez que esta não dispunha da indispensável autonomia para escalar o time conforme a necessidade que cada jogo apresentava no seu entendimento.

Portanto, sendo confirmada a contratação de Alberto Valentim ou mesmo de outro nome para o comando técnico do Atlético, é importante que os critérios de trabalho para esse profissional sejam previamente avaliados e adaptados às características do time, com o objetivo de proporcionar a liberdade necessária ao treinador, sob pena de comprometer os objetivos de longo prazo já delineados pela direção do Clube, e, fatalmente, atribuir eventual insucesso ao comando técnico, obrigando um recomeço em meados de 2018.

Saudações Rubro Negras!!!



Últimas Notícias