3 fev 2019 - 20h48

Athletico volta a jogar mal e só empata com o Paraná

Torcida tentou incentivar mas time não correspondeu. [foto: site oficial]
Parece que a derrota no clássico da última quarta-feira (30) diante do Coritiba não serviu de lição para jogadores e comissão técnica do Athletico. Jogando um futebol bem inferior ao esperado pelos torcedores, o Rubro-Negro foi até à Vila Capanema e apenas empatou em 1 a 1 com o Paraná Clube pela quinta rodada da Taça Barcímio Sicupira Junior.

Os dois times precisavam ganhar para manter chances de classificação para a próxima fase do campeonato e quem tentou desde o começo buscar o gol foi o Paraná Clube que aos 12 minutos em bola alçada na área Jenison completou para as redes. No lance a bola simplesmente encobriu o goleiro Léo que não a alcançou sobrando limpa para o atacante paranista completar a jogada.

Após o gol, o Paraná Clube continuou com um volume maior de jogo, porém aos 19 minutos, Anderson Plata driblou vários jogadores, mas não bateu em gol e acabou perdendo a bola para os defensores do tricolor. Após esse lance um festival de cartões amarelos foi distribuído aos jogadores do Furacão. Aos 20 minutos, o atacante Bergson tomou cartão amarelo, após falta no meio campo. Da mesma forma, aos 26 minutos, Marquinho também tomou o seu e aos 32 minutos, o zagueiro Eder seguiu seus companheiros e foi amarelado pelo árbitro Rodolpho Toski Marques.

O primeiro chute do Athletico em direção ao gol do Paraná aconteceu aos 40 minutos, chute este desferido pelo volante Erick, mas sem levar perigo algum ao goleiro Thiago Rodrigues. Aos 42 minutos, após tabela com Bergson, Marquinho chutou de bico, exigindo boa defesa do goleiro paranista.

Mais do mesmo e primeiro gol de Vitinho como profissional

Parece que o técnico Rafael Guanaes não está mesmo gostando das atuações do lateral direito Reginaldo, substituído no Atletiba por Bruno Rodrigues, desta vez, Reginaldo foi substituído pelo atacante Vitor Naum (Vitinho).

Com os mesmos erros cometidos nas partidas anteriores e precisando sair para, pelo menos, empatar o jogo, o time de Rafael Guanaes se lançou todo desorganizado para cima do Paraná Clube e acabou tomando alguns contra ataques, em um deles, aos 10 minutos, Robson Bambu fez falta na lateral do campo e tomou cartão amarelo

Aos 15 minutos, o Furacão fez a segunda alteração, saindo o colombiano Anderson Plata e entrando o atacante Bruno Rodrigues. Aos 26 minutos, Demethryus fez a sua estreia no time athleticano, entrando no lugar do meia João Pedro.

Dos 26 aos 29 minutos, o Athletico fez uma blitz contra o gol paranista tentando empatar a partida, a primeira delas foi com Bruno Rodrigues que bateu de fora da área sem força, mas a chuva quase enganou o goleiro. Na segunda chance, Vitor Naum cruzou a bola da direita e Thiago Rodrigues desviou a bola antes da chegada de Demethryus, na sequência do lance, o lateral mandou a bola para escanteio. Na cobrança, Matheus Anjos colocou a bola na cabeça de Bergson que exigiu boa defesa do goleiro.

Desorganizado, o Furacão quase levou o segundo gol aos 33 minutos quando Maicosuel tirou do goleiro Léo e da trave em novo contra-ataque.

O gol de empate athleticano saiu aos 37 minutos quando Bruno Rodrigues serviu Matheus Anjos que chutou e no rebote do goleiro paranista, Vitinho completou de cabeça, fazendo seu primeiro gol como profissional do Furacão.

Antes de acabar o jogo, aos 48 minutos Erik foi expulso após uma entrada violenta em Alesson.

Diante de um público total de 4.367 torcedores e uma renda de R$ 116.750,00 Paraná Clube e Athletico terminaram empatados e seguem com chances matemáticas de classificação.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Novo “Timoneiro”

Sim.. Estava na cara.. Eduardo Barros, apesar de muito promissor e ser Sim, um nome para treinar a equipe rubro negra.. Ainda estava “Cru” e…