22 mar 2019 - 14h31

Patrocínio da IVI acaba de maneira discreta

O patrocínio da empresa Inoovi Ltda. ao Athletico terminou de maneira silenciosa. Antes de completar um ano de parceria, o clube removeu as referências à empresa em seu material oficial.

A Inoovi é criadora da criptomoeda IVI, supostamente dedicada ao esporte de alto rendimento. Em junho do ano passado, o acerto entre Athletico e Inoovi foi divulgado em uma entrevista coletiva à imprensa com a presença de Mario Celso Petraglia.

O Furacão passou a exibir a marca IVI em seu uniforme (nas costas da camisa, entre o número da camisa e o nome do jogador).

Incentivo ao investimento

Petraglia recomendou aos torcedores que comprassem IVI. “Temos também a obrigação de promovermos a todos para que nos ajudem, invistam e acreditem, participando com seus recursos de poupança, que com esta participação da nação atleticana, o clube terá indiretamente uma vantagem financeira e econômica”, afirmou.

A IVI foi divulgada pelo clube em seus canais oficiais, com o incentivo a que torcedores investissem na moeda. Na ocasião, foi divulgado que o Corinthians e outros clubes também firmariam parcerias.

 

Risco de fraude

Na época do lançamento da parceria, houve repercussão da imprensa especializada em criptomoedas, levantando várias suspeitas sobre a confiabilidade da Inoovi e da IVI.

O portal Guia do Bitcoin produziu um “Dossiê Inoovi”, alertando sobre o risco de o Athletico ter sido enganado pela empresa. A conclusão foi a seguinte:

Que grandes clubes de futebol estejam assinando contratos com uma “moeda” vendida com esse nível de amadorismo e obscuridade é incrível! Isso tudo nos faz pensar que muito provavelmente esses clubes estão caindo em um golpe, se associando a uma “empresa” que pode trazer sérios danos à sua imagem e lhe colocando em maus lençóis, inclusive, com as autoridades do Brasil e do exterior.

Encerramento

O fim da parceria foi informado pela Gazeta do Povo. Segundo o jornal, o Athletico levou um “calote” – não recebeu nenhum pagamento prometido.

No site da Inoovi, o nome do Athletico não aparece entre as “Equipes”. Há fotos do presidente da empresa com dirigentes de Flamengo, Cruzeiro e Atlético-MG, sem deixar claro qual é o vínculo.



Últimas Notícias

Notícias

De novo a dupla Fla x Flu

Há jogos que mesmo não sendo decisivos acabam sendo marcantes. Lógico que uma final, uma partida que valha vaga para uma fase aguda de uma…

Notícias

Adeus, professor Vadão

Hoje (25) à tarde faleceu Oswaldo Alvarez, o Vadão, que estava internado tratando um câncer no fígado. A notícia vem logo após um domingo nostálgico…

Memória

2002 COM MUITA PAZ

Na tarde do dia 23 de Dezembro de 2001, o Furacão conquistava o seu primeiro título nacional! A partida final, em São Caetano do Sul,…