12 abr 2019 - 20h41

Um homem de valor

Noite de quinta-feira, 11 de abril de 2019.

A torcida comemorava uma semana perfeita, com o Athletico vindo de três vitórias em jogos importantes.

Num intervalo de dois dias, havíamos praticamente garantido nossa classificação às oitavas de final da Libertadores da América. Nosso time de Aspirantes havia acabado de colocar o lado verde da cidade em seu devido lugar – de onde provavelmente nunca mais sairão.

De repente explode a notícia: Atlético-MG tem interesse em Tiago Nunes. Tiago Nunes é do Galo!

A apreensão tomou conta de todas as redes sociais, das conversas de boteco. Tiago Nunes viraria as costas para o projeto que ele tanto valorizava.

Surgiram cifras astronômicas… 300, 500, 600 mil reais de salário, mais comissão técnica.

Não havia como reverter o quadro, acreditavam muitos. Era o fim, diziam muitos.

Pois bem. Havia algo que os mineiros e seu novo diretor não estavam considerando. Eles estavam tratando com Tiago Nunes.

Tiago Nunes, nosso gaúcho de Santa Maria, no centro do Rio Grande do Sul.

Não contavam contigo, gaudério. Imaginavam que tu eras movido unicamente pelo dinheiro, que deixarias para trás todo o teu trabalho brilhante à frente do Athletico, teu projeto e perspectivas. Imaginavam que tu abandonarias teus meninos. Não contavam com tua índole, Tiago.

Os mineiros não sabiam de tua história, gaudério. Não sabiam eles das peleias que tu tiveste. Dos quase 20 times que defendeste com toda tua força, antes de apareceres por aqui. Não consideraram que tu és o criador do Time de Guerra. Que quem vem aqui sabe que aqui quem manda somos nós. Que nos ensinaste a olhar nos olhos do adversário e dizer: eu sou melhor que você! Acredito que foi desta forma que olhaste para a proposta tentadora do Galo.

Esqueceram os mineiros que teu nome está gravado com letras de ouro em nossa maior conquista. Que tu ocupas um espaço que dificilmente outro irá ocupar. Essa idolatria por ti não é de graça, meu treinador. Tu a conquistaste. Tu és um de nossos maiores amuletos. Juntos contigo nos demos conta de nossa grandeza.

Tiago, meu amigo, sempre soubemos que tu eras um baita de um treinador. Hoje mais do que nunca temos a certeza de que és um grande homem.

Pensavam que tu tinhas preço, meu nobre Tiago Nunes.

Perceberam que o que tu tens é valor.

Vida longa ao nosso treinador!

Assuntos:


Últimas Notícias

Notícias

Sem tempo a perder

Depois da derrota pela partida de ida pelas semi-finais da Copa do Brasil, o Athletico junta os cacos e se prepara para voltar a atuar…