O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
15 abr 2019 - 11h33

O que aconteceu com o Atlético em Toledo? Difícil explicar, ou não

Técnico fraco, sacou o Éder, pra colocar Bambu (aliás, abaixo da crítica até aqui) alegando que foi “um dos melhores do nosso time no 1º turno, e adaptado ao esquema”. Certo, o Atlético, que jogou pela 1ª vez no 3-5-2 contra o Cianorte, na última rodada do 1º turno, fez 9 jogos nessa formação, (contando o jogo de ontem contra o Toledo) e o Bambu foi o que menos jogou, apenas 2 partidas, contra Cianorte e ontem contra o Toledo, sendo titular em ambas.

Halter que jogou as 9 partidas, é o que mais atuou, seguido por Éder e Zé Ivaldo com 6 jogos e Paulo André com 3 (Nicolas atuou como zagueiro contra o Cianorte). Sendo assim a explicação de que está adaptado ao esquema cai por terra, foi até pior do que dizer que foi um dos melhores no primeiro turno, até por que, todo o time foi abaixo da média, salvo algumas raras excessões, como Erick, por exemplo.

Escalação ruim, substituições piores, poderia ter ousado mais contra o limitado time do Toledo, sacar um zagueiro, e colocar mais um meia, ou simplesmente trocar no momento certo, parece que nosso “professor” não tem boa leitura de jogo, demora muito pra mexer, e quando mexe, mexe errado.

As trocas foram as piores possíveis, tirou o volante Christian, para entrada do meia Demethryus(que não comprometeu), mas deveria ter sacado um zagueiro para isso. Marquinho demorou muito pra sair, andou em campo, muito abaixo fisicamente, e ontem, tecnicamente também, deveria ter saído no intervalo, ou na pior das hipóteses aos 15′ do 2º tempo, porém saiu aos 43′, para a entrada de Matheus Anjos, que teve pouco tempo pra fazer alguma coisa.

Além de Marquinho, Bergson também foi horrível ontem, gosto dele, é carismático, esforçado, mas, insfelizmente, tem pouca “bola”. Bergson, recebe uma bola de frente pro gol, pra dar um toque por cima do goleiro, e o que ele faz ? Dá um “chutão” pra cima de qualquer jeito, displicente demais, deveria ter saído para entrada do Poveda. O Atlético foi apático, soberbo e covarde diante de um adversário frágil, que estava mais assustado que “cachorro na beira da canoa”, e “achou” um gol, em uma falha grotesca da nossa defesa.

Acredito que seremos campeões, mas, com postura de homem, sendo profissionais, pois ontem, foram apenas “meninos mimados”, jogando pelada, como se a partida já estivesse ganha.

Me desculpem se o texto ficou ruim, mas sou apenas mais um torcedor apaixonado, que encontrou aqui, um lugar para desabafo.



Últimas Notícias

Notícias|Opinião

Até o fim

No dia 10 de maio de 2005, o Athletico sofria uma das piores goleadas da história jogando dentro de seus domínios. Na Arena da Baixada,…