O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
11 maio 2019 - 10h52

Que sirva de lição

Valeu CAP, foi um jogo para não ser nunca esquecido, mas, as lambanças da arbitragem complicaram o jogo e tiraram o brilho da partida. E não vou aqui dizer nada contra o Boca, afinal, estavam na deles. Se o arbitro não marcou penalti, não anulou o gol impedido e explusou o Whellington do jogo. Isso não era problemas deles e sim da arbitragem que tinha cara de tendênciosa.

E como disse o Tiago Nunes, quem tem que explicar o resultado da partida é o abritro que estava deixando claro sua preferência em campo.

Que seja então uma página virada como o Tiago Nunes falou, que se aprenda com os erros e destas lições se tirem somente coisas positivas para a sequência da Libertadores.

Na realidade não perdemos nada e nem ganhamos nada ainda, estamos somente vivos na disputa. Mas, para isso temos que melhorar nossas apresentações fora da Arena e ter a consciência que o jogo, só acaba com o apito final.

Em relação ao que estou lendo em outros comentários. O vilão da partida foi o Santos, e como já disse em um texto anterior. Santos é um bom goleiro, mas, não é um ótimo goleiro, por isso, falhas irão acontecer e muito ainda. Só acaba, se o Santos tomar consciência de suas limitações e saber contorná-las para não colocar um jogo em risco ou perde-lá como já ocorreram.

Que venha a próxima fase, que venha a Copa do Brasil, que o Campeonato Brasileiro, que saiba vence-lo e os demais campeontos, como a Recopa e jogo contra o campeão japoneses, a gente os conquiste.



Últimas Notícias

Notícias

Adeus, professor Vadão

Hoje (25) à tarde faleceu Oswaldo Alvarez, o Vadão, que estava internado tratando um câncer no fígado. A notícia vem logo após um domingo nostálgico…

Memória

2002 COM MUITA PAZ

Na tarde do dia 23 de Dezembro de 2001, o Furacão conquistava o seu primeiro título nacional! A partida final, em São Caetano do Sul,…