13 maio 2019 - 0h40

Tiago Nunes cobra reforços mais experientes para disputar títulos

O técnico Tiago Nunes falou na entrevista coletiva depois da vitória sobre o Bahia por 1 a 0 sobre a necessidade de reforços para o elenco do Athletico.

O treinador deixou claro que entende que é necessário que o clube busque jogadores com condições de atuar imediatamente e com certa experiência – desde que almeje conquistas maiores na temporada. Apesar de enaltecer o trabalho que o clube faz na revelação de atletas, Tiago observou que o nível das competições que o clube está disputando neste ano exige jogadores com mais bagagem.

Confira as declarações do técnico:

Grupo pequeno

“Por uma questão numérica, é muito difícil a gente conseguir manter a mesma performance em todas as competições. Quando eu falo numérica, é número de jogadores. A gente tem um grupo de jogadores com quem podemos contar neste primeiro momento que é pequeno”

Aproveitamento das categorias de base

“Sobre a questão numérica que eu mencionei, a gente tem um projeto muito legal, que é a equipe de aspirantes. Mas a gente não vai conseguir colocar todo ano três, quatro, cinco jogadores a nível de titular na nossa equipe como aconteceu no ano passado. A gente tem de ter a tranquilidade de achar o timing de colocar os jogadores aos poucos. Hoje nós tivemos o Halter, o Vitinho, jogadores que participaram da campanha vitoriosa do Estadual e estão participando do grupo aos poucos, adquirindo experiência. Outros jogadores que participaram estão na categoria sub-21, participando do projeto dos Aspirantes com o Rafael (Guanaes), ganhando mais maturidade”.

Reforços experientes

“Para o nível de competitividade que a gente quer, para o nível das competições que a gente vai jogar, a gente precisa de jogadores mais experientes também, para poder competir num nível alto. Senão o Athletico vai ser sempre aquele time que tem de tirar leite de pedra, tem de descobrir o jogador que ninguém descobriu…e isso é difícil de você fazer todo ano esse trabalho”

Lançamento de jogadores

“Nós temos uma equipe muito qualificada, que coloca jogadores que poucas equipes têm coragem de lançar. O próprio Erick é um exemplo disso. Há pouco tempo atrás jogava a Série C e agora está jogando a Série A e com naturalidade – mas porque o Athletico tem coragem de fazê-lo”

Reforços e reposições

“A gente trabalha com dois pontos de vista. O primeiro é tentar trazer mais alguns jogadores para agregar qualidade, principalmente jogadores que possam vir de maneira imediata ou para a janela na metade do ano. E também a situação que a gente sabe que o mercado é muito agressivo, estou preocupado em perder alguns jogadores importantes nossos também. Então a gente já tem de tentar prever os dois cenários. Como o clube tem um planejamento não só a curto prazo, já pensa para essa janela, para o final do ano e para o ano que vem. Então, talvez a gente traga jogadores no meio do ano, mas já pensando no ano que vem, para as reposições. Então, é uma ginástica que a gente está tentando compartilhar com todo o departamento de futebol, o Marcio (Lara), o Rafael (Andrade) são os caras responsáveis, junto com o Paulo André, nesse processo de negociação para que a gente possa errar o mínimo possível e agregar qualidade ao nosso elenco”.

Assuntos: | |


Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Brasileirão 2019

Após o título do Furacão pela Copa do Brasil, o estado de êxtase que cada athleticano vive é algo surreal. É um momento mágico, fruto…