16 maio 2019 - 22h47

Tá ruim, mas tá bom: jogadores avaliaram resultado em Fortaleza

Jogando apenas para o gasto, o Athletico empatou com o Fortaleza por 0 a 0 no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Se por um lado o Rubro-Negro não sofreu grandes riscos, também não teve muitas chances de gol e desperdiçou as poucas oportunidades que teve de conquistar a primeira vitória fora de casa na temporada.

Com o empate, o time de Tiago Nunes precisa de uma vitória simples em casa para avançar às quartas de final da competição. Qualquer empate na Baixada leva a decisão para os pênaltis.

Apesar do incômodo de não conseguir vencer fora de seus domínios, jogadores avaliaram como positivo o resultado obtido contra o Tricolor de Aço.

“Fizemos um bom jogo. É claro que queríamos a vitória. Jogamos o tempo todo com a posse de bola, buscando o gol. No meu modo de ver, fizemos uma boa partida, consistente atrás, sem dar chance para chegarem”, disse Wellington após a partida.

Quem também considerou boa a atuação do Rubro-Negro foi Rony, jogador que levou perigo à meta adversária com um chute de média distância no primeiro tempo:

“Jogar aqui é muito difícil. Não choveu, mas o campo estava liso mesmo assim. A gente tentou propor o jogo, buscar o gol, mas infelizmente não saiu. Foi um grande jogo”, ponderou.

Erik também elogiou a equipe e comemorou o fato de não ter sofrido gols:

“Até tivemos oportunidade, mas acho que faltou o último passe na conclusão. Nos portamos bem, não sofremos gol e levamos o resultado para casa. Está em aberto a classificação ainda.”

Mais realista, o experiente Paulo André reconheceu que a equipe não teve o mesmo desempenho de jogos anteriores, mas ressaltou que a vaga na próxima fase será decidida dentro de casa:

“Decidir em casa é sempre melhor. O Fortaleza marca muito bem, encontramos dificuldades em encontrar espaços. Acredito que tenha sido um jogo feio para quem assistiu. Infelizmente não conseguimos jogar tão bem, mas o empate é bom para decidir em casa”, arrematou.

Antes de encarar novamente o Fortaleza, o Furacão enfrenta Corinthians (casa), River Plate (casa), Flamengo (fora), River Plate (fora) e Fluminense (casa). O jogo decisivo contra o Leão ocorre no dia 05/06.



Últimas Notícias

Notícias|Opinião

Até o fim

No dia 10 de maio de 2005, o Athletico sofria uma das piores goleadas da história jogando dentro de seus domínios. Na Arena da Baixada,…