O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
2 jun 2019 - 15h16

Recopa, um vice que quero todos os anos!

Chegamos onde três brasileiros chegaram, que é ser finalista de todos os principais campeonatos que disputamos: Brasileiro, Copa do Brasil, Libertadores, Sul-Americana e Recopa, apenas Atlético, Internacional e São Paulo. Para nós que ganhamos uma cota medíocre de televisão, de patrocínio, além de estarmos em um Estado sem tradição futebolística e com o interior dominado por torcedores das “potências milionárias” e dos “grandes” que não chegam a lugar nenhum, ter colocado o nosso nome em todas as finais é um feito épico

Orgulho de ser rubro-negro!

Somos de fato um dos grandes do Brasil, nos últimos 20 dias jogamos e fomos respeitados pelos maiores da América (Boca Juniors, Corinthians, Flamengo e River Plate) em breve estaremos no Japão em outra final e ainda temos esse ano a Copa do Brasil, Brasileiro e Libertadores!

É claro que queria ser outra vez campeão, seria meu presente de aniversário, mas perdemos, poderia ser de 5 ou até de 7 a 1 que ficaria orgulhoso, afinal, para jogar Recopa precisa ser campeão e neste caso somos nacional e internacional.

Não temos nada que faça o vento soprar ao nosso favor, mas para o azar deles, nós somos o Furacão!

Tenho orgulho da onde chegamos, tenho certeza que jogaremos a Recopa como campeão da Libertadores.

Parabéns, Atlético! Está fácil torcer para você, difícil deve ser torcer contra.

Ao meu, ao seu, ao nosso rubro-negro querido, apenas muito obrigado por proporcionar esses momentos inesquecíveis!



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Furacão na berlinda

Falta comando e cobrança no futebol, o time é preguiçoso e descomprometido. Também falta planejamento, ficam os três primeiros meses sem jogar e consequentemente chegam…