8 jun 2019 - 18h51

Em duelo contra líder Palmeiras, Athletico é derrotado fora de casa

Jogando em São Paulo, o Athletico enfrentou mais um revés, em partida válida pela 8ª rodada. O Furacão, que levou a campo um time titular misto, teve como principal desfalque o artilheiro Marco Ruben – com dores musculares, o camisa 9 permaneceu em Curitiba.

Como visitante, o Athletico fez um bom 1º tempo – seguro atrás e chegando algumas vezes ao ataque, conseguiu equilibrar o jogo contra o melhor time do Brasileirão até aqui. Mais recuado, segurou o empate até os 35 minutos da 2ª etapa, quando levou o gol de pênalti que definiu o placar. Com o resultado, Furacão continua com 10 pontos e na décima colocação, podendo perder posições dependendo dos resultados dos outros jogos.

Confira como foi o jogo:
1º Tempo
O time da casa começou pressionando e logo aos 5 minutos, com Dudu, chegou pela primeira vez à meta rubro-negra, em chute perigoso que passou à direita do gol.

Aos 11 minutos, após grande jogada de Wellington, Léo Cittadini recebeu passe e foi derrubado por Felipe Melo – que recebeu o primeiro cartão amarelo do jogo – perto da área alvi-verde. Na cobrança da falta, Nikão, em forte chute, exigiu boa defesa de Weverton, que espalmou para escanteio.

Bem postado em campo, aos 20 minutos, o Athletico cobrava seu 4º escanteio.

Wellington foi preciso e evitou perigoso lance do Palmeiras aos 22 minutos, desarmando Deyverson na entrada da área.

O Palmeiras teve seu primeiro tiro esquinado somente aos 24 minutos. Na sequência do lance, Santos tirou a bola da área atleticana com os pés. Em seguida, depois de cruzamento pela esquerda, Deyverson cabeceou por cima do gol.

Léo Pereira tomou cartão amarelo ao evitar contra-ataque palmeirense, com 28 minutos. Dudu, no lance seguinte, chutou longe gol.

Em mais um bom chute de Nikão, pelo lado esquerdo, o ex-goleiro atleticano fez importante defesa, aos 32 minutos.

Wellington derrubou Lucas Lima e foi amarelado pelo árbitro aos 35 minutos.

Dois minutos depois, após dividida de bola no ataque, o juiz mostrou, erroneamente, cartão vermelho direto para Nikão. Com o auxílio do VAR, o lance foi revisado e o árbitro cancelou a punição e apenas aplicou o amarelo ao jogador atleticano.

Melhor no jogo, aos 43 minutos, Bruno Guimarães lançou Rony na cara do gol, que foi desarmando no último segundo por Felipe Melo.

Felipe Melo ainda cabeceou para fora no último lance de perigo da 1ª etapa.

2º Tempo
A segunda etapa começou como terminou a primeira: Palmeiras tentando pressionar, mas encontrando um Athletico bem postado atrás.

O time da casa perdeu a melhor chance da partida após falha da marcação. Zé Rafael recebeu sozinho cruzamento e, dentro da pequena área, perdeu gol incrível, aos 8 minutos.

Lucas Lima chutou, de primeira, por cima da meta de Santos, com 12 minutos.

No minuto seguinte, Deyverson parou no arqueiro rubro-negro, em chute forte de dentro da área. Felipe Melo arriscou chute de longa distância e a bola passou perigosamente sobre o travessão.

Aos 21, Raphael Veiga, que havia acabado de entrar na partida, isolou chute da fora da área.

O Athletico segurava bem a pressão do adversário. Mas com 32 minutos de jogo, Márcio Azevedo errou o tempo de bola e cometeu pênalti infantil em Dudu. Veiga, em cobrança perfeita, abriu o marcador.

Obrigado a atacar para buscar empate, Léo Cittadini bateu forte de dentro da área aos 37 minutos, mas parou em boa defesa de Weverton.

Raphael Veiga parou em Santos aos 45 minutos, em bom chute pela esquerda.

O Furacão não conseguiu chegar mais ao ataque e o árbitro decretou o fim do jogo aos 49 minutos.

Ficha técnica
Campeonato Brasileiro 2019 – 08/06/2019 – Palmeiras 1 x 0 Athletico

L: Allianz Parque; A: Rodrigo D’alonso Ferreira (SC); H: 16h30; CA: Felipe Melo (PAL), Léo Pereira (CAP), Wellington (CAP), Nikão (CAP), Zé Rafael (PAL); CV: não houve; G: Raphael Veiga (35’ 2T).

Athletico: Santos, Madson, Paulo André (Bruno Nazário), Léo Pereira (Lucas Halter) e Márcio Azevedo; Wellington, Nikão, Bruno Guimarães, Léo Cittadini e Rony; Thonny Anderson (Marcelo Cirino); TC: Tiago Nunes.

Palmeiras: Weverton, Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo (Thiago Santos), Bruno Henrique (Moisés) e Lucas Lima (Raphael Veiga); Zé Rafael, Dudu e Deyversom; TC: Felipão.

Próximo confronto
O Athletico faz seu último jogo antes da parada para a Copa América também fora de casa, contra o Goiás – quinta-feira (13/06), às 20:00, no Serra Dourada, em jogo válido pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

2020, como será?

Já estamos garantidos na Libertadores, Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil, e qual será os objetivos para 2020? Libertadores é um destes objetivos, um sonho…

Brasileiro

Furacão segue subindo

Neste domingo, o Athletico recebeu o Botafogo na Arena da Baixada e garantiu mais uma vitória no Campeonato Brasileiro. O placar de 1 a 0,…