11 jul 2019 - 22h12

“A maior alegria da minha vida”, revela Geninho sobre título de 2001

Quando um Campeão Brasileiro pelo Athletico fala, é sempre bom prestar atenção. E desta vez, o porta-voz e ninguém menos que o comandante do time vencedor, Geninho.

Atual técnico mais velho em atividade na elite do futebol brasileiro, Eugênio Machado Souto fala com orgulho da estrela dourada, a mesma que o torcedor atleticano exibe com muita satisfação!

“Talvez tenha sido a maior alegria da minha vida, ninguém apostava naquele time. Foi um ano mágico para o Athletico. Um time que não tinha nenhuma estrela, não tinha nem um jogador famoso. Talvez, o mais famoso daquele elenco era o Souza, que tinha saído do São Paulo. O Nem também tinha passado pelo São Paulo, mas sem ter deixado uma marca”, relembrou, em entrevista ao Portal UOL Esporte.

Também exibe uma certa satisfação a mais pela forma como o time jogava. “O time foi se encaixando, jogando um futebol que hoje é um futebol moderno. Era um 3-5-2 altamente ofensivo. Eu jogava com só um volante, só o Cocito, porque o Kleberson era um meia. Com o Souza, eu tinha um grande armador no meio. Às vezes, eu jogava, praticamente, com três zagueiros e três atacantes, porque eu jogava com o Alex Mineiro, o Kleber Pereira e o Gabiru. Então, você fazia um futebol que era completamente diferente para a época. Isso deu um resultado incrível”, completou.

Além do título pelo Furacão, Geninho relembrou outros momentos importantes de sua carreira como os conselhos a Felipão na montagem da seleção do penta. Clique aqui e confira a entrevista completa.

Assuntos: | | |


Últimas Notícias

Opinião

Aha, uhu, o Maraca é nosso!!!

Toda a pessoa que se diz apaixonada por futebol deve um dia conhecer o Estádio Jornalista Mário Filho, mais conhecido como Maracanã e ontem meu…

Notícias

Cadê a torcida?

As médias de público do Athletico vem diminuindo ano a ano desde a reinauguração da Baixada pós Copa do Mundo e de maneira mais forte depois…