25 jul 2019 - 0h59

Athletico perde em casa para o Boca

O Athletico saiu derrotado por 1×0 contra o Boca Juniors pela partida de ida das oitavas de final da Copa Libertadores. O time de Tiago Nunes fez uma partida bem abaixo do normal e contou com a falta de sorte em lances decisivos da partida.

Alexis MacAllister abriu o placar com um chute desviado aos 38 minutos do segundo tempo e Marco Ruben desperdiçou um pênalti assinalado pelo VAR no último minuto de jogo. A partida marcou o recorde de público do Athletico no ano, 34.456 pessoas estiveram presentes na Arena da Baixada.

Primeiro tempo

Bruno Guimarães recebeu um cartão amarelo logo no primeiro minuto de jogo por causa de uma falta na entrada da área que não levou perigo ao goleiro Santos. O Athletico teve suas melhores chances com um chute rasteiro de Rony pra fora e com uma pancada de esquerda de Bruno Guimarães que raspou o travessão. Nikão também teve uma boa chance com um chute de fora da área que passou à esquerda do gol.

A equipe do Boca Juniors também teve boas chances, uma falta cruzada rasteira que ficou nas mãos do goleiro Santos e em dois lances que Ábila chegou sozinho na área, uma cortada por Márcio Azevedo de carrinho e em outra que Santos fechou o ângulo e fez boa defesa.

Segundo tempo

O rubro-negro melhorou na segunda etapa. Conseguiu pressionar o Boca Juniors em seu campo de defesa nos minutos iniciais, mas não conseguiu transformar isso em claras chances de gol. Bruno Guimarães obrigou o goleiro Andrada a fazer uma boa defesa aos 22 minutos com um chute de fora da área.

Tiago Nunes trocou Nikão por Bruno Nazário na metade da etapa final e colocou Vitinho no lugar de Marcelo Cirino aos 35 minutos, mas não houve a melhora esperada. Apenas três minutos após a segunda substituição, Alexis MacAllister arriscou de fora da área e abriu o placar na Arena da Baixada, o chute contou com um desvio no zagueiro Pedro Henrique que tirou o goleiro Santos da bola.

Já nos acréscimos, quando tudo parecia perdido, Rony dividiu uma bola com Andrada na área e ficou caído no chão, logo depois o VAR chamou o árbitro para rever o lance e este acabou assinalando o pênalti. O artilheiro da Libertadores, Marco Ruben, chutou na trave e desperdiçou a chance de empate do Furacão, segundos depois o árbitro encerrou o jogo.

Volta na Bombonera

O Athletico volta a enfrentar o Boca Juniors na próxima quarta-feira às 21h30, em Buenos Aires. O rubro-negro precisa de uma vitória por 1×0 para levar a partida para os pênaltis ou qualquer outra vitória para se classificar. No fim de semana, o adversário do Athletico pelo Campeonato Brasileiro, será o Cruzeiro em Belo Horizonte às 19h.

 



Últimas Notícias

Opinião

Adeus ano “velho”!

  Lembro-me como se fosse hoje dos sentimentos experimentados no último Réveillon. Onde momentos antes de iniciar a contagem para receber 2019, me peguei agradecendo…

Opinião

De que são feitos os ídolos?

Quando Marco Ruben vestiu a camisa atleticana pela primeira vez, já era um ídolo rubro-negro. Simples assim. E não se trata da famosa gringolatria. Alguns…