O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
29 jul 2019 - 16h50

Hora da onça beber água

O Athletico tem dois compromissos importantes internacionalmente, a sua permanência na Libertadores da América na 4ª Feira contra o famigerado Boca, e no Japão no dia 07/08/2019 contra o “Shonan” pela Copa Suruga.

Dois compromissos sérios e que valem para o clube um bom retorno financeiro e a perspectiva de internacionalizar ainda mais a marca Clube Athletico Paranaense.

Nos dois últimos compromissos fora de casa o Furacão marcou nada mais nada menos que seis gols, gols que fizeram falta na Quarta-feira passada contra o Boca.

E conforme declarações do Tiago Nunes o Athletico vem de lá com a classificação para as quartas de finais, pois ele garante que o elenco tem todas as condições de reverter o placar, assim esperamos.

O que importa em minha opinião é que o Athletico faça uma boa partida, que consiga segurar o ímpeto do adversário nos primeiros 15′, como o fez na fase grupos lá na Bombonera, e que só perdeu com a ajuda da arbitragem tendenciosa.

Como já comentei o Athletico poderia ir em melhores condições para a Argentina, se os reforços solicitados pelo Tiago Nunes, tivessem chegado antes do início da Copa América.

Porém, vamos lá para o tudo ou nada.

Em caso de não classificação, o importante é que o Athletico tem mostrado que mesmo desfalcado tem mostrado um bom futebol sob o comando do Tiago Nunes.



Últimas Notícias

Opinião

Adeus ano “velho”!

  Lembro-me como se fosse hoje dos sentimentos experimentados no último Réveillon. Onde momentos antes de iniciar a contagem para receber 2019, me peguei agradecendo…

Opinião

De que são feitos os ídolos?

Quando Marco Ruben vestiu a camisa atleticana pela primeira vez, já era um ídolo rubro-negro. Simples assim. E não se trata da famosa gringolatria. Alguns…