7 ago 2019 - 9h38

チャンピオン!Campeão!

Em partida válida pela disputa da J. League YBC Levain Cup / CONMEBOL Sudamericana, o Furacão impôs seu ritmo de jogo, goleou o time da casa e levantou o segundo troféu internacional em menos de um ano.

O Athletico, atual campeão sul-americano, derrotou o Shonan Bellmare, atual campeão da Copa J. League Japonesa, em território asiático, pelo placar de 4 a 0 e conquistou o título que apenas o Internacional possuía no Brasil e de quebra a premiação de R$3,5 milhões.

O Furacão iniciou o jogo tomando iniciativa e buscando o ataque. A equipe japonesa equilibrou o confronto no decorrer da partida. Marcelo Cirino, até então pouco participativo e apagado, foi decisivo após lindo cruzamento de Wellington e cabeceou para o fundo das redes, ao final do 1º tempo. No 2º tempo, um Furacão passeou em campo. Rony, em grande jogada individual, fez um golaço em chute de fora da área, aos 11 minutos. Seis minutos depois, Thonny Anderson, que havia acabado de entrar na partida, recebeu livre na área para marcar o terceiro do Athletico. Braian Romero recebeu lindo passe de Thonny Anderson aos 39, saiu na cara do gol, tirou do goleiro e decretou a vitória e título do rubro-negro.

Primeiro tempo

O Furacão chegou à área adversária logo no primeiro minuto de jogo, trocando passes rápidos, mas teve a bola afastada.

Aos 5 minutos, após bonita tabela entre Rony e Bruno Guimarães, o camisa 7 rubro-negro acertou chute de longa distância, exigindo a primeira participação do goleiro japonês na partida.

O campeão japonês entrou no jogo e chegou pela primeira vez ao ataque com Yamada. O camisa 10 isolou da entrada da área aos 10 minutos.

Troca de passes dentro da área, Wellington tentou o chute e carimbou a zaga do Shonan, conquistando escanteio aos 20 minutos.

Cinco minutos após, bola perigosa cruzada na área do Athletico, mas Santos garantiu a defesa.

A alternativa ofensiva do campeão sul-americano parecia ser pelo lado esquerdo. Aos 27 minutos, em conexão direta com o ataque, Santos lançou Rony que disparou e chutou forte de dentro da área, exigindo grande defesa de Matsubara, que espalmou para escanteio. No lance seguinte, em bate-rebate na pequena área, a bola sobrou para o arqueiro japonês e Bruno Henrique não conseguiu finalizar.

Aos 29, troca de passes eficiente do Furacão e, em jogada bem trabalhada, Wellington chutou da entrada da área e a bola passou perigosamente à direita de Matsubara.

Aos 36 minutos, o Shonan chegou a marcar um golaço em chute de muito longe de Tokac, mas já havia sido marcado impedimento.

O grande momento do jogo até então aconteceu aos 40 minutos. Após cruzamento perfeito de Wellington, Marcelo Cirino apareceu no meio da área e testou firme no canto superior esquerdo do goleiro, abrindo o marcador e fazendo a alegria do torcedor rubro-negro no Japão e em todas as partes do mundo.

Matsuda, aos 43, finalizou perigosamente á esquerda de Santos.

Na última chance da primeira etapa, Jonathan cruzou pela direita e Marco Ruben desviou pra fora do gol, desperdiçando grande oportunidade para ampliar o placar.

Segundo tempo

Com três substituições no intervalo, o time japonês iniciou a etapa final procurando o ataque.

Logo aos 11 minutos, na primeira oportunidade do segundo tempo, Rony recebeu o lançamento na área, dominou no peito, trouxe para trás e mandou um tirambaço na gaveta, marcando um golaço e colocando o 2 a 0 no placar.

Dois minutos depois, o Shonan Bellmare arrematou chute de longa distância, mas sem perigo à meta rubro-negra.

E aos 17 minutos, em jogada muito bem organizada, Thonny Anderson, que havia acabado de entrar no lugar de Marco Ruben, recebeu assistência de Marcelo dentro da área, livre, escolheu o canto e saiu pro abraço. 3 a 0 Furacão!

O Shonan Bellmare chegou ao ataque aos 19 e 22 minutos, mas sem oferecer perigo.

Nikão, em chute cruzado de direita de dentro da área, após boa jogado do ataque, por muito pouco não fez o quarto gol.

Thonny Anderson, em boa chegada pela esquerda, aos 30 minutos, quase achou os atacantes rubro-negros na área, mas a bola foi colocada pelo zagueiro japonês pela linha de fundo.

O mesmo Thonny acertou belo passe que atravessou a zaga adversária, achando Brian Romero que tocou na saída do goleiro e marcou o 4º e último gol, aos 39 minutos, dando números finais à partida.

Crislan, em cobrança de falta, ainda chutou para fora aos 45 minutos, não oferecendo perigo ao arqueiro rubro-negro.

Furacão Campeão no Japão!!!

Ficha técnica

J. League YBC Levain Cup / CONMEBOL Sudamericana 2019 – 07/08/19 – Shonan Bellmare 0 x 4 Athletico

Local: Shonan BMW Stadium (Hiratsuka-JAP);

Árbitro: Muhammad Jahari (Singapura); Horário: 07h00;

Cartões amarelos: não houve;

Cartões vermelhos: não houve;

Gols: Marcelo Cirino (40’ 1T), Rony (11’ 2T), Thonny Anderson (17’ 2T), Braian Romero (39’ 2T).

Athletico: Santos; Jonathan (Madson), Pedro Henrique (Lucas Halter), Léo Pereira, Márcio Azevedo; Wellington (Lucho González), Bruno Guimarães, Bruno Nazário (Nikão); Marcelo, Rony (Braian Romero) e Marco Ruben (Thonny Anderson); T: Tiago Nunes.

Shonan Bellmare: Matsubara; Leandro Freire, Onoda e Suzuki (Mitsuki); Okamoto (Kobayashi), Matsuda (Wakatsuki), Kaneko e Mouri; Ibusuki (Crislan), Yamada (Sugioka) e Tokac (Umesaki); T: Cho Kwi-jae.

Próximos confrontos

O Athletico volta a campo no domingo, dia 11 (16h00), em jogo válido pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, contra o Botafogo, no Rio de Janeiro.

Na quarta-feira, dia 14 (21h30), o Furacão faz o jogo de ida das semis-finais da Copa do Brasil contra o Grêmio, no Rio Grande do Sul.

Assuntos: |


Últimas Notícias

Notícias

Sem tempo a perder

Depois da derrota pela partida de ida pelas semi-finais da Copa do Brasil, o Athletico junta os cacos e se prepara para voltar a atuar…