31 ago 2019 - 21h04

Em véspera de decisão, Furacão espanta má fase e vence Ceará na Arena

Em partida válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, Furacão derrora Ceará e agora foca no Grêmio para decisão pela Copa do Brasil.

Tiago Nunes contou com a volta de Madson, Adriano, Nikão e Marco Ruben, desfalques na última rodada, e que reassumiram a titularidade. Por outro lado, o zagueiro Léo Pereira cumpriu suspensão pelo terceiro cartão amarelo; o meia Bruno Nazário ficará pelo menos dois meses fora após sofrer lesão no joelho e passar por cirurgia; e Lucas Halter teve uma indisposição e não esteve disponível para a partida. Everton Felipe – contratado por empréstimo do São Paulo – chegou e já ficou no banco.

Confira como foi o jogo:

1º Tempo

Aos 11 minutos, João Lucas cruzou na área, mas Thiago Galhardo cabeceou para o alto. Foi a primeira oportunidade do Ceará no jogo.

Dois minutos depois, foi a vez do Athletico chegar. Madson cruzou da direita, Marco Rúben dominou no meio da grande área e Cirino, vindo de trás, chutou a bola por cima do gol.

Thiago Galhardo lançou Felippe Cardoso que encarou a defesa do Furacão, puxou para o meio e chutou fraco para defesa de Santos, com 19 minutos de jogo.

Aos 24, quase que o Furacão abriu o marcador. Rony fez belíssima jogada pelo lado esquerdo, deixou Cristovam no chão, jogou na área e Diogo Silva segurou a bola em dois tempos.

A equipe de Tiago Nunes mantinha o ritmo de jogo, com a posse de bola e fazendo viradas, buscando espaços na defesa cearense.

Rony recebeu no lado esquerdo, passou por dupla marcação e finalizou. A bola passou ao lado da meta, aos 38 minutos.

O Athletico trocava passes com seus 10 jogadores de linha no campo no ataque. E no último lance da primeira etapa, veio a recompensa. Em jogada de raça de Marco Ruben pela esquerda, o camisa 9 bateu para trás e Nikão aproveitou. 1 a 0 Furacão, aos 49 minutos.

2º Tempo

O Athletico começou a segunda etapa no ataque. Rony fez jogada individual, driblou Cristovam e finalizou para a defesa de Diogo Silva, logo aos 2 minutos.

Minutos depois, Rony bateu escanteio, Diogo falhou e Nikão marcou o que seria seu segundo gol no jogo. Mas o VAR foi acionado e o tento do CAP anulado, devido toque de mão de Nikão no lance.

Aos 18 minutos, Chico mandou a bola direto para o gol de Santos, que espalmou. Quase que o camisa 30 empatou.

O Furacão mantinha a bola dominada, a posse e trocava passes tranquilamente.

Novo lance de perigo surgiu apenas aos 44 minutos. Robson Bambu teve a chance de cabeça depois da falta cobrada da esquerda, mas a bola foi pra fora.

No último lance do jogo, Bergson fez jogada pelo lado esquerdo, jogou na área para Tiago Alves que não alcançou. Fim de jogo e vitória do Athletico!

Ficha técnica

Campeonato Brasileiro 2019 – 31/08/19 – Athletico 1 x 0 Ceará

Local: Arena da Baixada;

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS); Horário: 19h00;

Cartões amarelos: Wellington (CAP), Mateus Gonçalves (CEA), Cristovam (CEA), Chico (CEA).

Cartões vermelhos: não houve;

Gols: Nikão (49’ 1T).

Athletico: Santos; Madson, Robson Bambu, Pedro Henrique e Adriano (Márcio Azevedo); Wellington, Bruno Guimarães e Nikão; Marcelo (Léo Cittadini), Rony e Marco Ruben (Thonny Anderson); TC: Tiago Nunes.

Ceará: Diogo Silva; Cristovam, Tiago Alves, Valdo e João Lucas; Fabinho, Pedro Ken (Bergson), Galhardo (Chico) e Fernando Sobral; Felipe Cardoso e Mateus Gonçalves (Wescley); TC: Enderson Moreira.

Próximos confrontos

Na próxima quarta, dia 04 de Setembro (19h00), o Furacão faz o jogo de volta e decisivo pela semi-final da Copa do Brasil contra o Grêmio, no Caldeirão.

Pelo Brasileirão, o Athletico retorna a campo no dia 08 (16h00), domingo, em jogo válido pela 18ª e penúltima rodada do turno, contra o Santos, na Vila Belmiro.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Vamos nos ligar

Existe um rumor nos corredores das rádios piões de que o Tiago Nunes está sendo sondado pelo Internacional para substituir o atual técnico depois da…