6 set 2019 - 12h35

Classificação pra lavar a alma!

Por duas vezes o sonho atleticano de conquistar a Copa do Brasil parou no Grêmio. Pouco mais de três semanas atrás publicamos aqui no site que a equipe gremista estava sendo uma pedra no nosso sapato. Um sentimento que estava engasgado em todo torcedor rubro-negro, também pela eliminação de 2017, mas principalmente pela derrota nos pênaltis de 2016.

Aquela noite de três anos atrás foi uma das eliminações mais frustrantes do clube. Weverton defendeu três penalidades e teve a cobrança da classificação nos seus pés, mas acabou parando em Marcelo Grohe e duas cobranças depois o Athletico acabou eliminado. Era a estreia do técnico Renato Gaúcho e foi ali que deu início a sequência vitoriosa do clube gaúcho, que acabaria campeão daquela competição.

Quis o destino que três anos depois, a chance de revanche do Furacão contra o Grêmio fosse novamente numa disputa de pênaltis. Só que dessa vez a decisão era na Baixada, ao lado do torcedor que acreditou na virada do início ao fim, e dessa vez a equipe estava muito mais preparada e confiante para as penalidades.

Os jogadores rubro-negros carregavam um retrospecto recente invejável, já somavam seis vitórias seguidas em decisões por pênaltis, inclusive conquistando títulos na Taça Dirceu Kruger, Campeonato Paranaense e Copa Sul-americana.

“Decisão por pênaltis é bom quando não é com meu time.” Provavelmente você já cansou de ouvir essa frase, mas para o torcedor atleticano decisões por pênaltis têm trazido ótimas recordações.

E diferente daquela noite de três anos atrás em que o Athletico cobrou oito penalidades e desperdiçou cinco, o Furacão teve 100% de aproveitamento. Bruno Guimarães, Lucho, Nikão, Cirino e Marco Ruben, todos converteram.

E Santos, que estava no banco naquela eliminação, pulou as quatro primeiras cobranças pro lado direito e não defendeu nenhuma, mas quando pulou a última para o seu lado esquerdo, espalmou a cobrança de Pepê. Soltando o grito do torcedor que estava preso na garganta, lavando a alma e colocando o Furacão em mais uma final. E dessa vez o sonho continua mais vivo do que nunca!

Assuntos:


Últimas Notícias

Fala, Atleticano

2020, como será?

Já estamos garantidos na Libertadores, Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil, e qual será os objetivos para 2020? Libertadores é um destes objetivos, um sonho…

Brasileiro

Furacão segue subindo

Neste domingo, o Athletico recebeu o Botafogo na Arena da Baixada e garantiu mais uma vitória no Campeonato Brasileiro. O placar de 1 a 0,…